Mercado fechado

Stênio Garcia tinha vergonha da altura e usava salto em cena: “Depois me acostumei”

Lucas Pasin
·1 minuto de leitura
Stênio Garcia (Foto: Reprodução/Instagram @steniogarciaoficial)
Stênio Garcia (Foto: Reprodução/Instagram @steniogarciaoficial)

Stênio Garcia, mesmo com todo o talento, confessou que não se sentia tão bem em cena. O motivo? A própria altura. Em entrevista ao programa 'Sensacional', da RedeTV!, ele revela que usava salto para se sentir melhor: "De 2 a 3 centímetros, apenas para parecer mais alto. Depois me acostumei, vi que minha força não estava na altura e deixei isso para lá".

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Ainda em conversa com Daniela Albuquerque, Stênio, casado há 22 anos com Marilene Saade, relembra quando fotos íntimas com a esposa vazaram em 2015. "Nós somos um casal, temos esse direito. Eu falo para ela que agora já sabem como eu sou e como ela é. É tudo meu e eu sou todo seu. Pronto”, comenta, sem perder o bom-humor.

Leia também

Stênio viveu personagens marcantes na dramaturgia como o Tio Ali Rachid, em O Clone (2001), o eterno Bino de A Carga Pesada (1979/1981 e 2003/2007), e Dr. Castanho em Caminho das Índias (2009). Sobre o colega de Bino na série, Pedro, interpretado por Antônio Fagundes, o ator explica que era preciso ter o contraste entre o galã e o homem de família, casado. “Enquanto ele namorava todas, eu ficava ali chupando o dedo”, brinca.

A entrevista completa será exibida no Sensacional desta quinta-feira (15), às 22h50, na RedeTV!.