• BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,16
    -0,58 (-0,74%)
     
  • OURO

    1.647,40
    -8,20 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    18.874,34
    -252,10 (-1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    432,46
    -12,07 (-2,72%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    6.976,58
    -42,02 (-0,60%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.309,50
    -67,25 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0742
    -0,0234 (-0,46%)
     

Stellantis e Renault interrompem linhas de montagem na Espanha por falta de semicondutores

MADRID (Reuters) - As montadoras Stellantis e Renault interromperão parcialmente as atividades em suas fábricas na Espanha nos próximos dias e semanas, diante da persistência da falta de semicondutores, disseram dois representantes sindicais à Reuters nesta sexta-feira.

Duas fábricas da Renault na região espanhola de Castela e Leão serão paralisadas temporariamente, sendo que uma delas fechará totalmente no sábado e a outra cancelará turnos em vários dias desta semana e da próxima, disse um representante do sindicato CCOO.

Na fábrica da Stellantis em Vigo, no noroeste da Espanha, a empresa cancelou os turnos noturnos de sábado e domingo.

"Eles pararam a produção por 15 dias em fevereiro. A escassez na oferta pode significar mais paralisações a qualquer momento", disse um representante dos trabalhadores da Stellantis à Reuters.

Um porta-voz da Renault não estava imediatamente disponível para comentar. A Stellantis não retornou telefonemas ou e-mails.

Nos últimos meses, ambas as empresas interromperam a produção por várias vezes na Espanha.

(Por Christina Thykjaer)