Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.411,44
    -31,22 (-0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Stellantis compra empresa de car sharing da Mercedes e BMW

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Stellantis formalizou interesse e deve fechar a compra da Share Now, joint venture formada por Mercedes-Benz e BMW que oferece serviços de car sharing (ou carros compartilhados). O acordo, que não terá valores revelados, será sacramentado caso as autoridades alemãs antitruste aprovem o negócio.

Em comunicado, as gigantes alemãs revelam que essa venda para a Stellantis é parte de uma estratégia de reposicionamento de mercado dentro dos serviços de mobilidade. Agora, ambas vão se concentrar nos serviços Free Now, que concentra empréstimos de veículos urbanos variados, e do Charge Now, para recarga de carros elétricos.

A Share Now agora será controlada pela Stellantis e vai atingir mais mercados na Europa (Imagem: Divulgação/ BMW, Mercedes)
A Share Now agora será controlada pela Stellantis e vai atingir mais mercados na Europa (Imagem: Divulgação/ BMW, Mercedes)

Com essa aquisição, a Free2Move, empresa de mobilidade urbana da Stellantis, pode ter um crescimento ainda maior e proporcionar mais capilaridade em mercados onde o grupo formado por Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën não tem tanto alcance.

"Embora a Mercedes-Benz se concentre mais fortemente em seu negócio principal no segmento de luxo, o compartilhamento de carros continuará sendo uma parte importante da mobilidade urbana e um elemento essencial na oferta de mobilidade do Free Now. Com o Free Now e o Charge Now, estamos focados em dois segmentos de crescimento que continuarão a oferecer aos nossos clientes toda a gama de serviços de mobilidade no futuro e apoiar a expansão da mobilidade elétrica", disse Gero Götzenberger, diretor de Estratégia e Investimentos da Mercedes-Benz Mobility, em comunicado.

Estratégia justificada

Para Mercedes e BMW "abrirem mão da Share Now", ambas devem ter uma boa justificativa. Segundo as empresas, a Free Now já oferece acesso a quase 180 mil veículos em mais de 150 cidades na Europa por meio do seu aplicativo, desde carros e motos a scooters e bicicletas. São 56,8 milhões de usuários.

Serviços de mobilidade online estão crescendo no mundo todo (Imagem: Divulgação/ BMW, Mercedes)
Serviços de mobilidade online estão crescendo no mundo todo (Imagem: Divulgação/ BMW, Mercedes)

Já a Charge Now, que tem como parceira a Digital Charging Solutions GmbH (DCS) oferece 300 mil pontos de carregamento par carros elétricos em 31 países na Europa, sendo a líder nesse segmento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos