Mercado abrirá em 44 mins
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,82
    +1,07 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.722,70
    -10,90 (-0,63%)
     
  • BTC-USD

    51.589,43
    +2.748,05 (+5,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.030,15
    +42,06 (+4,26%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.674,93
    +61,18 (+0,93%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.151,75
    +96,50 (+0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8719
    +0,0098 (+0,14%)
     

Startups pedem alívio de imposto para seus investidores

JOANA CUNHA
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ABstartups (associação das empresas iniciantes de tecnologia) enviou uma carta ao senador Carlos Portinho (PL-RJ), relator do marco das startups, pedindo revisão na tabela de Imposto de Renda sobre os ganhos dos investidores do setor. O argumento é que os investidores merecem alívio na tributação por que se trata de aplicação de risco alto, que gera ganho social e impulsiona a arrecadação. A entidade diz que hoje é mais vantajoso para o brasileiro investir em startups estrangeiras do que locais. Eles também pedem alterações outras alterações no marco das startups, que foi aprovado em dezembro na Câmara e pode ser votado neste mês. Felipe Matos, presidente da ABstartups, diz que o projeto avança ao simplificar o funcionamento de sociedades anônimas, mas que as mudanças perdem efeito porque as startups que optarem pelo modelo não poderão se enquadrar no Simples, regime de pagamento de impostos facilitado.