Mercado abrirá em 3 h 23 min
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,98
    -0,63 (-0,87%)
     
  • OURO

    1.766,10
    +9,40 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    47.811,95
    -395,91 (-0,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.221,40
    -11,89 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.037,59
    +10,11 (+0,14%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.497,75
    -20,00 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2050
    +0,0202 (+0,33%)
     

Startups esbarram em regras mais duras para IPOs em Hong Kong

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Startups chinesas ávidas por capital estrangeiro se voltam cada vez mais para Hong Kong em meio aos crescentes obstáculos para abrir o capital nos Estados Unidos. Mas nem todas as empresas poderão se encaixar, e aquelas que conseguirem talvez tenham que se contentar com valores mais baixos.

A Hong Kong Exchanges and Clearing faz exigências muito mais rigorosas às empresas que planejam uma listagem do que as bolsas de Nova York. As companhias que provavelmente enfrentarão obstáculos incluem startups não lucrativas com pouca receita, como as que desenvolvem carros autônomos, ou empresas em setores de aplicativos de transporte, que operam em uma zona jurídica obscura.

A listagem da Didi Global nos EUA, por exemplo, desencadeou uma série de ações regulatórias do governo de Pequim. A gigante de aplicativo de transporte que tem o Softbank entre os investidores explorou a viabilidade de uma listagem em Hong Kong antes de se decidir pelos EUA, disseram pessoas com conhecimento do assunto. A Didi achou difícil atender às exigências de Hong Kong de que suas operações fossem legalmente compatíveis, dadas as complexas normas de licenciamento da China para empresas, veículos e motoristas.

Dida, sua rival de menor porte, enfrentou problemas semelhantes. Quando a empresa se candidatou em outubro à listagem em Hong Kong, os questionamentos da bolsa sobre o cumprimento das regulamentações chinesas locais eram um obstáculo, disseram pessoas a par do assunto. O registro da Dida expirou em abril, embora tenha submetido um novo pedido. Nos EUA, a SEC simplesmente exige a divulgação completa dos riscos.

“Os reguladores de Hong Kong têm uma abordagem um pouco mais paternalista para aprovar IPOs”, disse Vivian Yiu, sócia da Morrison & Foerster, que tem foco em ofertas de ações em Hong Kong e fusões e aquisições.

E, de certa forma, a bolsa de Hong Kong está cada vez mais rigorosa. A HKEX aumentará a exigência de lucro anual para uma listagem no conselho principal e prometeu reprimir atividades suspeitas de IPO, como o aumento da capitalização de mercado das empresas.

Ainda assim, o maior apelo de Hong Kong é um sinal de que o governo chinês não exigirá uma revisão de cibersegurança para empresas listadas na bolsa asiática enquanto reformula regras para IPOs estrangeiros. Muitos especulam que o maior escrutínio será usado para frear a série de empresas chinesas abrindo o capital em Nova York, particularmente do setor de tecnologia, que controla grandes quantidades de dados de usuários. No lado dos EUA, reguladores também exigem novas divulgações antes de aprovar as listagens.

“A grande questão é se as empresas que abrem o capital em Hong Kong terão ‘valuations‘ tão atraentes quanto os dos EUA”, disse Yiu, sócia da Morrison & Foerster.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos