Mercado fechado

Startups enxutas: testando hipóteses rapidamente

Fernando D´Angelo

Há 8 anos Eric Ries transformou o Mundo das startups ao lançar o livro “Lean Startup” (“A Startup Enxuta” em português), trazendo ao resto do mundo os conceitos de MVP, Fail Fast e Valuated Learning entre outros. Em entrevista na *HSM Expo 2019 tive a oportunidade de conversar com ele a respeito. Segue o que aprendi:

Impactos do livro

A respeito dos impactos do livro nesses 8 anos, Eric Ries afirmou (tradução livre): “Eu nunca imaginei o tamanho do impacto que este livro teria. Você está a milhares de milhas de distância, e me disse que o livro impactou na sua vida e nos seus negócios! Eu moro em San Francisco, e escrevi sob uma perspectiva local de como as coisas estavam acontecendo. Não imaginei que poderia ser algo global! “


O que é MVP (Minimum Viable Product ou Produto Minimamente Viável)?

Tive que perguntar a Eric Ries sobre o conceito de MVP: "Atualmente muitos falam de MVP. Muitos são projetos semiprontos, e até projetos mais completos são chamados MVP. Resumidamente, qual o significado de MVP pra você?". A resposta foi categórica (em tradução livre): “MVP tem mais a ver com o que você quer aprender do que com onde que você quer chegar. Dependendo do que você quiser aprender, MVP pode ser qualquer coisa, de um projeto mais detalhista até um projeto pela metade.”! SENSACIONAL!

E completou: “Se, por exemplo, o seu objetivo é testar a interação do usuário e a eficiência de uma nova interface, uma tela com mais detalhes e cuidados visuais é um MVP sim!”.

O sucesso do MVP

Ao ser questionado a respeito do sucesso do conceito de MVP (Minimum Viable Product ou Produto Minimamente Viável), tive uma resposta simples e rápida (em tradução livre): “MVP é fácil de entender, é divertido! As pessoas gostam disso. É bem mais fácil e divertido que ficar fazendo estudos, cálculos e análises. Basta identificar qual hipótese você quer testar e o que você quer aprender. É o jeito mais rápido de testar hipóteses!”

Pensamento Lean (enxuto) nas empresas tradicionais

A respeito das empresas tradicionais e o quão prontas elas estão para esse período de transformação digital que estamos vivendo e para aplicar os conceitos de pensamento LEAN (enxuto), a resposta foi direta (em tradução livre): “Não, as empresas tradicionais não estão prontas. Estão tentando, mas já estão atrasadas e a grande maioria vai fechar. Os produtos e o jeito de fazer das novas empresas são melhores e mais eficientes, e as pessoas estão preferindo comprar das novas empresas. Eu não investiria nelas!”

Sobre o Brasil

Questionei o que ele pensa a respeito do Brasil e nosso potencial de transformação e empreendedorismo. A resposta (em tradução livre): “Diferente de outros locais, o Brasil é um lugar dinâmico, com muitos recursos [naturais, energéticos, ...] e é um lugar onde as pessoas tem muita energia! E isto é um presente! Aproveitem.”.

Foram 15 minutos de aprendizado com uma das pessoas que mais impactaram minha vida profissional!

*Agradecimentos: Agradeço à HSM e à Assessoria de imprensa pelo convite para acompanhar a HSM EXPO 2019, e ao Eric Ries pela oportunidade de entrevista-lo!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: