Mercado abrirá em 3 h 28 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,43
    +0,13 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.754,90
    +5,10 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    42.872,54
    -1.250,13 (-2,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.059,67
    -49,25 (-4,44%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.060,34
    -18,01 (-0,25%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.238,25
    -65,25 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2224
    -0,0026 (-0,04%)
     

Startup vende caixão, sepultura e cremação

(Reprodução)
(Reprodução)

Por Melissa Santos

Com a morte de um parente, nem sempre a família sabe como agir e quais providências tomar para o funeral, desde velório até sepultamento ou cremação do corpo. Tendo em mente que a maioria além de se sentir perdida, também não faz ideia de quanto vai gastar, o empresário Siderlei Gonçalves lançou neste ano a startup WebLuto, uma plataforma de e-commerce e marketplace para venda de serviços funerários, sepulturas em cemitérios particulares, cremações, exumações, planos funerários e arranjos para condolências, entre outros.

“Trabalhei 20 anos no ramo e presenciei durante todos esses anos a dificuldade que a família tinha de resolver questões relativas ao luto. Além de estar passando por um momento delicado, tinham que enfrentar a burocracia e o desgaste de contratar serviços para o funeral e nem saber quanto vai gastar. A ideia da plataforma é centralizar todos esses serviços”, diz Gonçalves.

Gonçalves explica que a plataforma funciona da mesma forma que serviços de populares, como Uber e Hotel Urbano. Ou seja, a WebLuto em si não tem um cemitério ou serviço de floricultura, mas sim, oferece uma lista de fornecedores que dispõem desse serviço.

Segundo Gonçalves, a empresa prospecta e credencia cemitérios, crematórios, funerárias, floriculturas e demais prestadores de serviços que atuam no segmento. Até agora, a WebLuto tem mais de 300 prestadores afiliados. “O objetivo da WebLuto é aumentar a geração de negócios para nossos prestadores. Queremos ter prestadores em todo Brasil, pois a demanda pelos serviços de luto é natural em todo país”, explica.

Na WebLuto, funerais custam a partir de R$ 2.100 e tudo pode ser contratado pelo celular. Os preços dependem do padrão de atendimento escolhido e variam segundo a distância do translado do corpo até o local do sepultamento ou cremação. “Trabalhamos com esse custo mínimo para manter o mínimo de qualidade dos serviços que oferecemos”, fala Gonçalves.

Ajuda a vencer a burocracia em um momento difícil

Em cidades onde o serviço funerário é municipalizado, como São Paulo, a WebLuto só presta serviço de assessoria funerária. A MeAjuda24h é uma assessoria que toma todas as providências decorrentes do óbito, desde comunicar até contratar os serviços.

“Por telefone, o cliente é orientado sobre as providências a serem tomadas, e a empresa coloca um agente para acompanhar a família nos trâmites necessários para o funeral, sepultamento ou cremação. Além disso, ele também orientará sobre quais serviços podem ser dispensados, barateando assim o custo”, diz o empresário da startup.

“Além disso, a assessoria também concilia todos os trâmites e horários. Tudo é conversado com cemitério e serviço funerário para que o velório não seja reduzido e não haja nenhum desgaste por algum imprevisto para a família”, fala.

Há também o app WebLuto (disponível para Android e em breve para iOS), por meio do qual o cliente pode acionar a assessoria funerária e contratar serviços.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos