Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.419,05
    -792,29 (-1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Startup de veículos autônomos Cruise levanta US$2,75 bi em investimento

Hyunjoo Jin
·1 minuto de leitura
Veículo autônomo da Cruise em San Francisco, Califórnia (EUA)

Por Hyunjoo Jin

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A companhia de veículos autônomos Cruise, apoiada pela General Motors, disse nesta quinta-feira que arrecadou 2,75 bilhões de dólares em sua última rodada de financiamento, com investimentos adicionais de Walmart e outras empresas. A rodada levou a avaliação da startup a mais de 30 bilhões de dólares.

"Estamos focados no caminho para a comercialização agora, mas os IPOs que estão acontecendo são um grande indicativo da força da indústria e da oportunidade que o carro autônomo apresenta", disse um porta-voz de Cruise em comunicado à Reuters.

Em janeiro, a startup sediada em São Francisco disse que a Microsoft se juntaria a GM, Honda e investidores institucionais para um novo investimento de capital combinado de mais de 2 bilhões de dólares, visando acelerar a comercialização de veículos autônomos.

Na segunda-feira, a Cruise afirmou que planeja começar a implantar um número limitado de seus veículos Origin para serviços de transporte por aplicativo em Dubai a partir de 2023, o que será seu primeiro serviço comercial no exterior.

"A Cruise está executando uma estratégia global com os parceiros certos", disse Grayson Brulte, presidente da consultoria Brulte & Co. "No fim, tudo se resumirá a quem pode fechar os melhores negócios, que gerem receita e lucros a longo prazo."