Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.297,75
    -500,28 (-1,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Startup tenta convencer clientes a desistir de carros

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A ideia é simples: um serviço de transporte tão bom que você nunca mais vai precisar de um carro.

É com isso que a startup finlandesa MaaS Global Oy trabalha desde 2015. A empresa desenvolveu um aplicativo móvel, o Whim, que já está sendo usado em várias cidades europeias e em Tóquio. Na capital da Finlândia, 12% dos usuários já dizem que o aplicativo os levou a abrir mão de seus carros, e vários outros afirmam que planejam fazer o mesmo.

MaaS Global, cujos investidores incluem BP, Mitsubishi e Toyota, diz que seu aplicativo pode resolver a questão do congestionamento urbano e reduzir a poluição. Pesquisas mostram que viver em um ambiente com ar mais limpo contribui para a felicidade e o bem-estar. A Finlândia, onde o serviço foi pioneiro, tem o melhor índice de qualidade do ar no mundo. Por coincidência, é também o país mais feliz do mundo.

O CEO Sampo Hietanen diz que criar um mundo em que seja mais conveniente não ter seu próprio carro é uma maneira óbvia de reduzir as emissões de carbono no setor de transporte. Só nos EUA, o transporte é responsável por quase 30% do total de emissão de gases de efeito estufa, mais do que qualquer outro setor.

“Realisticamente, se queremos lidar com as emissões de CO2 do transporte, temos que encontrar uma maneira de preservar a liberdade de movimento que um carro fornece”, disse Hietanen em entrevista.

Whim, que acabou de fazer uma fusão com a Wondo, rival espanhola fundada pela empresa de infraestrutura Ferrovial, oferece aos usuários a opção de planejar e pagar uma viagem por meio de um único aplicativo. Ele fornece acesso a uma variedade de serviços, como scooters elétricos, bicicletas urbanas, transporte público e até táxis com preço fixo para curtas distâncias. Os serviços variam de cidade para cidade, com até 300.000 usuários em todo o mundo.

Leia mais: Como Helsinki chegou ao futuro do transporte urbano primeiro

Tanto Whim quanto Wondo funcionam como planejadores de rotas, sugerindo a melhor maneira de ir do ponto A ao ponto B e oferecem a opção de comprar passagens ou reservar veículos em seus aplicativos. Além dos planos pré-pagos, Whim tem assinaturas mensais -- similar ao que a Netflix oferece.

Mas estudos recentes no Reino Unido e nos Países Baixos sugerem que as pessoas são muito apegadas a seus carros e que tais serviços tendem a atrair principalmente os passageiros que já usam o transporte público.

Whim está atualmente disponível em Helsinki, Viena, Antuérpia, na região de Birmingham no Reino Unido e na área metropolitana de Tóquio. Em 1º de junho, será lançado na Suíça, primeira vez que abrangerá um país inteiro.

Wondo opera em Madri com planos de expansão para Espanha e Portugal, segundo Hietanen. A MaaS Global espera usar a rede existente da Ferrovial para, eventualmente, levar seu serviço aos Estados Unidos e América do Sul, depois que seus planos para abrir em Miami, Vancouver e Chicago no ano passado foram deixados de lado.

Título em inglês:This Startup Is Trying to Convince Clients to Give Up Cars (1)

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos