Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,40 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,60
    +1,10 (+1,22%)
     
  • OURO

    1.787,80
    -6,20 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    23.732,35
    +592,44 (+2,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,41
    +28,19 (+5,31%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,10 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.391,25
    +359,75 (+2,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2381
    +0,0054 (+0,10%)
     

Startup de SC é única latina em programa de aceleração da Mastercard

·1 min de leitura

A Payface, startup catarinense de pagamentos por reconhecimento facial, foi uma das nove escolhidas para o programa de aceleração Start Path, da Mastercard. De acordo com a Exame, a empresa também foi a única latino-americana selecionada nesta edição.

A fintech tem como objetivo melhorar a experiência do consumidor com biometria. Ele cadastra seu rosto no aplicativo da startup. No momento da compra, o cliente se posiciona em frente a um aparelho no caixa do estabelecimento, que o identifica e realiza o pagamento sem celular ou cartão.

Criada em 2018, a startup foi fundada por Eládio Isoppo e Ricardo Fritsche e já tem projetos implementados em seis estados brasileiros, como São Paulo e Minas Gerais. Por seis meses, a Payface terá acesso à tecnologia, mentoria e recursos da Mastercard.

(Imagem: monkeybusiness/envato)
(Imagem: monkeybusiness/envato)

“A notícia demonstra o quão dedicados e capacitados estamos para enfrentar as adversidades do mercado de pagamentos, um setor extremamente disputado e em constante crescimento, e também certifica como a nossa tecnologia biométrica é uma forte tendência para o futuro”, disse à Exame Ricardo Fritsche, que também é chefe de tecnologia da fintech.

“Queremos aproveitar o network [rede de contatos] global da Mastercard para engajar diretamente com consumidores, recolher feedbacks sobre expansão geográfica e dinâmicas de mercado relevantes, além de receber orientações sobre a viabilidade do produto”, afirmou à reportagem Eládio Isoppo, CEO e cofundador da Payface.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos