Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,52
    -0,24 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.804,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    62.779,85
    +1.019,28 (+1,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.507,07
    +1.264,39 (+521,01%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.158,54
    +26,51 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.137,51
    +537,10 (+1,88%)
     
  • NASDAQ

    15.568,25
    +72,50 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4334
    -0,0029 (-0,05%)
     

Startup que adianta compras a crédito de clientes de lojas capta R$ 400 milhões

·2 minuto de leitura

A Listo, fintech paulista que oferece adiantamento de recebíveis (valores a receber de compras dos clientes no cartão de crédito) a pequenas e médias empresas, captou R$ 400 milhões por meio do lançamento do seu Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), uma modalidade pública de aplicação financeira. O valor será usado para ampliar a operação da empresa no Brasil inteiro e acelerá-la nos próximos três anos.

A empresa foi fundada em 2014 e desenvolve uma plataforma com diversos serviços para lojistas pequenos e médios, como o gerenciamento de cobrança e de caixa dos clientes, diretamente ligado à maquininha de pagamento com cartões. Ao todo, a Listo já captou R$ 850 milhões desde 2017 e adiantou mais de R$ 8 bilhões de recebíveis nos últimos três anos.

Em 2017, lançou a primeira série do FIDC LF I (Letra Financeira, ativo de renda fixa de longo prazo) como um teste da viabilidade dessa alternativa de financiamento para escalar seu negócio. Com isso, captou R$ 50 milhões. No ano seguinte, a empresa passou a operar em todo o Brasil e fez a segunda emissão de títulos nessa modalidade, no valor de R$ 400 milhões.

Imagem: Pexels/Pixabay
Imagem: Pexels/Pixabay

"Essa é a nossa terceira captação via FIDC e além de reforçar a nossa credibilidade, também consolida nossos produtos e modelo de operação no mercado, é mais combustível para acelerar o nosso crescimento nos próximos anos", comenta Olavo Cabral Netto, CEO e fundador da Listo.

Atualmente, a fintech atende a mais de 100 mil lojistas em todo o Brasil e atua em diversos segmentos, principalmente o setor automotivo. Para este mercado, lançou em abril deste ano o Listo CDC, que permite ao lojista oferecer crédito para compras de alto valor, como motos e carros, em até 24 parcelas usando o cartão sem estourar o limite. Outra solução recente é a Listo2go, que une máquina móvel de cartão, gestão de vendas de delivery e conta digital ilimitada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos