Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,97
    +1,57 (+1,40%)
     
  • OURO

    1.814,90
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    30.448,62
    +345,64 (+1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    684,89
    +442,21 (+182,22%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.975,32
    +315,57 (+1,18%)
     
  • NASDAQ

    12.547,50
    -12,75 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2141
    +0,0037 (+0,07%)
     

Startup "Mercado Livre dos restaurantes" capta R$ 50 milhões

·2 min de leitura

A startup Floki, dona de uma plataforma que vende insumos para restaurantes, anunciou a captação de R$ 50 milhões em uma rodada seed (para empresas iniciantes) liderada pelos fundos Valor Capital Group e NFX. Segundo a Exame, também participaram os fundos Latitud, Iporanga Ventures e os investidores-anjo Ralf Wenzel, fundador do delivery Jokr, e Andres Bilbao, fundador do Rappi.

A ideia do serviço da Floki é ser um "Mercado Livre dos restaurantes". O marketplace da empresa tem como foco atrair bares e restaurantes de médio porte, que encontram por lá ofertas de ingredientes e acessórios de outras empresas. O serviço foi lançado em março de 2020, no início da pandemia de covid no Brasil.

A situação foi útil para a Floki tentar seu modelo de negócio. "Provamos nossa tese pois, na pandemia, esses estabelecimentos buscavam menores custos", explicou à Exame Luigi Rodrigues, um dos fundadores da startup ao lado de Marcelo Espiga. Mesmo com o afrouxamento dos protocolos anticovid, o serviço ainda atravessa uma boa fase devido à inflação que assola o Brasil.

Plataforma da startup Floki ajuda restaurantes a comprarem insumos (Imagem: Reprodução/Dan Gold/Unsplash)
Plataforma da startup Floki ajuda restaurantes a comprarem insumos (Imagem: Reprodução/Dan Gold/Unsplash)

Dentre as vantagens de comprar no marketplace estão a agilidade e economia de tempo no processo de compra, além de ofertas competindo entre si — a startup promete preços até 30% menores que os vistos no mercado. A plataforma ainda usa inteligência artificial para sugerir recomendações de novos produtos, marcas e fornecedores com base no perfil de compra de cada estabelecimento.

Hoje as empresas que usam a plataforma da Floki pagam uma assinatura de R$ 150 por mês. A empresa afirma ter "algumas centenas de restaurantes" em seu portfólio e espera faturar cerca de R$ 60 milhões por mês nos próximos meses, além de lançar seu primeiro produto financeiro: o Buy Now Pay Later (BNPL), um tipo de crediário digital.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos