Mercado abrirá em 1 h 33 min

Startup de Londres quer automatizar emissões de títulos

Katie Linsell

(Bloomberg) -- Uma fintech financiada por alguns dos maiores escritórios de advocacia do Reino Unido e pela London Stock Exchange lançou um produto para digitalizar partes fundamentais do arcaico processo de emissão de novos títulos de dívida.

O sistema, desenvolvido pela Nivaura, de Londres, digitaliza a negociação das letras miúdas dos contratos dos títulos para que documentos legais possam ser redigidos e assinados digitalmente, segundo documento visto pela Bloomberg News. O objetivo é acelerar a venda de títulos e potencialmente eliminar os trabalhosos processos manuais de apresentação de dados a bancos, escritórios de advocacia e câmaras de compensação.

A Nivaura captou US$ 20 milhões em capital semente no começo do ano com investidores como LSEG, Allen & Overy, Linklaters, Banco Santander e Aegon. Também criou o primeiro título de criptomoedas, regulamentado em 2017.

O sistema da Nivaura começará com foco na colocação privada de dívida emitida para programas de títulos de médio prazo - um mercado com quase US$ 500 bilhões em emissões por ano, de acordo com a empresa. Posteriormente, a Nivaura planeja expandir a plataforma para incluir operações sindicadas.

Uma plataforma concorrente, a Origin, criada por Raja Palaniappan e Robert Taylor, ex-operadores da Nomura Holdings, também está digitalizando contratos legais e conectando emissores e operadores nos mercados de dívida.

A Bloomberg LP, controladora da Bloomberg News, fornece serviços que facilitam os pedidos de títulos e distribui informações sobre novas ofertas de dívida.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Repórter da matéria original: Katie Linsell London, klinsell@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Vivianne Rodrigues, vrodrigues3@bloomberg.net, Chris Vellacott

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

©2019 Bloomberg L.P.