Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,99
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.875,90
    -3,70 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    38.787,11
    +3.003,73 (+8,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.018,00
    +23,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1935
    +0,0009 (+0,01%)
     

Startup Invest Summit vai destinar até R$ 15 milhões em 50 startups brasileiras

·2 minuto de leitura

O Sebrae e a Bossanova Investimentos anunciaram esta semana o Startup Invest Summit, evento que promete destinar até R$ 15 milhões em investimentos para 50 startups brasileiras. Entre os dias 7 de junho e 10 de setembro, empresas interessadas poderão se inscrever para passar por análises de 10 minutos feitas por uma banca de investidores que vão decidir se aportam recursos nelas.

A iniciativa quer ajudar no crescimento de iniciativas promissoras, digitais e escaláveis que se adequem tanto aos modelos B2B quanto B2B2C e possuam faturamento mínimo de R$ 20 mil mensais. Para participar, as startups também precisam estar em rodada de captação nos estágios seed ou pré-seed — ganharão destaque aquelas que já tiverem recebido investimento anjo ou passado por etapa de aceleração.

Confira outros requisitos:

  • Mais de 1 ano e meio de fundação;

  • Empresas que tenham produtos/serviços validados e operacionais;

  • Próximas ao break-even ou com visão clara para alcançá-lo;

As inscrições já estão abertas no site oficial do Startup Invest Summit, e cada startup contemplada poderá receber até R$ 300 mil para acelerar seus projetos. O investimento será feito em troca de um percentual da empresa, que passará ao investidor (ou investidores) participantes da banca de avaliação.

“Pretendemos tornar esta iniciativa na maior ação de investimentos em startups já realizada no Brasil”, afirma Bruno Quick, diretor técnico do Sebrae, que destaca o perfil inédito do evento. “Queremos conhecer e fortalecer as startups que fazem diferença em todas as regiões brasileiras e impactam todo o ecossistema de inovação nacional”, complementa.

Os inscritos vão passar por um processo de avaliação constituído por entrevistas nas quais o comitê avaliador vai analisar 9 pilares: time, perfil, escalabilidade, produto, modelo, marketing, mercado, vendas e financeiro. Os negócios mais bem avaliados serão divulgados no dia 25 de setembro e passam para a última etapa — as 50 empresas investidas, e os valores dos aportes, têm anúncio programado para 15 de outubro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: