Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.925,52
    -673,01 (-1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,37
    -0,92 (-1,22%)
     
  • OURO

    1.736,70
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    41.605,55
    -927,31 (-2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.026,99
    -30,15 (-2,85%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.290,20
    -210,19 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.485,54
    -698,42 (-2,31%)
     
  • NASDAQ

    14.805,25
    +40,50 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3407
    -0,0019 (-0,03%)
     

Startup de drones Aeroscan capta R$ 1,3 milhão em apenas seis horas

·1 minuto de leitura

A Aeroscan, startup de drones para segurança empresarial, anunciou nesta sexta-feira (27) que captou R$ 1,3 milhão na EqSeed, plataforma de equity crowdfunding, em apenas seis horas, tempo que durou a rodada de captação. Em janeiro, a startup já havia captado R$ 850 mil também pela EqSeed.

O foco da empresa é uma plataforma especializada em segurança patrimonial aérea. Por meio dela é possível monitorar a região com drones e visão computacional — ou seja, é como se o algoritmo interpretasse o que aparece nas imagens. Com o novo aporte, a Aeroscan diz que diversificará a sua linha de serviços, e para isso investirá em mais tecnologia e estrutura.

Além do setor de segurança, a empresa deve entrar no campo de drone indoor para centros logísticos, como grandes armazéns, além de controle de inventário externo e agronegócio. Neste último, a ideia é observar grandes áreas como fazendas e haras. Marcelo Musselli Filho, sócio e fundador da Aeroscan, reforça a importância do equity crowdfunding nesses planos. "É a segunda vez que precisamos levantar aportes de forma rápida e sempre encontramos investidores engajados e qualificados na EqSeed", diz.

A startup diz que dobrou seu faturamento desde dezembro e passou a atender grandes empresas por conta própria ou via parceiros, como Via Varejo, Brasil Terminal Portuário, Electrolux e Heineken.

“Há uma demanda crescente por drones em todo o território nacional e entendo que estamos entrando em uma fase de escalonar o nosso negócio. Estamos fazendo um estudo de expansão geográfica e quem sabe a abertura de novas unidades da Aeroscan nos principais estados do país, podendo até ser uma franquia", finaliza Marco Forjaz, sócio e cofundador da Aeroscan.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos