Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.750,56
    +742,84 (+2,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Startup de documentos fiscais amplia equipe após receber R$ 260 milhões

·2 min de leitura

A Arquivei, plataforma de gestão de documentos fiscais, anunciou a abertura de 70 novas vagas de emprego para os três primeiros meses de 2022. A novidade da startup vem um mês após captação de R$ 260 milhões liderada pelo fundo Riverwood Capital e com participação de International Finance Corporation (IFC), Constellation, NXTP e Endeavor Catalyst.

A startup já abriu o processo seletivo para ao menos 13 oportunidades de trabalho e espera encerrar o ano com 180 funcionarios — atualmente são 281. Algumas das vagas são para desenvolvedores especialistas na área de produto, designer e especialista em engenharia de dados, entre outras posições. Os interessados em se candidatar às vagas da startup podem realizar as inscrições pelo link.

Criada em São Carlos Do Pinhal (SP) em 2013, a startup tem como objetivo dar suporte ao compliance e resolver as obrigações fiscais das empresas de forma rápida, acessível e confiável. Sua plataforma disponibiliza a consulta, download e gestão de documentos fiscais de diversas fontes, com integração com os sistemas da Secretaria da Fazenda e prefeituras, economizando tempo e dinheiro nesses processos.

O software conta ainda com diversas funcionalidades como a integração com os principais ERPs (softwares de gestão empresarial), automatização de entradas de notas fiscais, atuação como fonte única de dados e permissão para auditorias internas e externas. Atualmente 100 mil empresas têm seus documentos fiscais gerenciados na plataforma, que contém mais de 2,6 bilhões de documentos.

Arquivei busca dar suporte ao compliance e resolver as obrigações fiscais das empresas (Imagem: Reprodução/Kelly Sikkema/Unsplash)
Arquivei busca dar suporte ao compliance e resolver as obrigações fiscais das empresas (Imagem: Reprodução/Kelly Sikkema/Unsplash)

A documentação digital ainda é algo muito novo para o brasileiro, mas há potencial para agilizar a vida burocrática do público a médio e longo prazo, principalmente neste período pós-pandemia com menos contatos físicos. Pelo menos é a expectativa da empresa.

"O Brasil é um dos países mais digitais do mundo. Lembra quando precisávamos andar com o documento do carro, CNH impressa, ir no cartório assinar documento, depositar cheque na agência ou caixa eletrônico? Agora temos Pix, entre muitos outros. Eu diria que a digitalização já chegou e a curto, médio e longo prazo as empresas que não estiverem digital, terão problemas em crescer", defende Christian de Cico, CEO da Arquivei, em entrevista ao Canaltech.

Além disso, é preciso levar em consideração o atual estágio da inclusão social dos brasileiros. Há no país 152 milhões de usuários de internet, que correspondem a 81% da população com 10 anos ou mais. Por outro lado, existe a prevalência de internautas de classes mais altas, escolarizados e jovens. Então pode haver resistência para digitalizar toda a papelada em regiões menos conectadas.

"Sim, o acesso a internet e a computador ainda é uma barreira olhando para pessoas, porém para empresas já é quase inviável não ter um computador com internet. Então eu vejo que esta barreira é muito menor quando pensamos em empresas em vez de pessoas físicas", acredita Cico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos