Mercado abrirá em 2 h 48 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,94
    -0,27 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.844,60
    +3,40 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    30.309,87
    +1.272,83 (+4,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,35
    +24,12 (+3,70%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.435,14
    +132,40 (+1,81%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.052,50
    +174,25 (+1,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1820
    -0,0368 (-0,71%)
     

Startup faz crescer cabelo humano em ratos e promete fim da calvície

·2 min de leitura

Você não leu o título errado: cientistas estão criando cabelo humano em roedores para fazer transplante em pessoas com calvície. A ideia vem de uma startup chamada dNovo, que produz os componentes dos folículos capilares “reprogramando” geneticamente células comuns, como sangue ou células de gordura.

Em entrevista ao MIT Technology Review, o fundador Ernesto Lujan declarou que a empresa pode converter qualquer célula diretamente em uma célula-tronco capilar, alterando os padrões dos genes ativos nela.

A ideia da startup, basicamente, é coletar células comuns (como as células da pele de pacientes) e depois convertê-las nas responsáveis por formar cabelo. A dNovo chegou até mesmo a enviar para a equipe do MIT uma imagem de como fica o camundongo depois de submetido ao experimento:

Startup cria cabelo humano em roedores para fazer transplante (Imagem: Reprodução/dNovo/MIT)
Startup cria cabelo humano em roedores para fazer transplante (Imagem: Reprodução/dNovo/MIT)

No entanto, a técnica desperta hesitação e ceticismo em parte dos especialistas da área. “Acho que as pessoas vão muito longe para recuperar o cabelo. Mas a princípio, será um processo muito caro”, estima Karl Koehler, professor da Universidade de Harvard.

Em sua opinião, imagens de camundongos com cabelo humano não são inéditas, e costuma haver "um truque e alguma desvantagem em traduzi-lo para humanos”. O laboratório de Koehler produz fios de cabelo de uma maneira totalmente diferente: cultivando organoides, que são pequenas bolhas de células. Sua ideia originalmente era cultivar células semelhantes a pelos do ouvido, com a intenção de tratar a surdez.

Em novembro, Paul Knoepfler, biólogo de células-tronco da UC Davis, fez um artigo alegando que essas empresas estão trazendo biologia de alta tecnologia para uma indústria conhecida por ilusões, com direito a muitas alegações falsas sobre remédios para queda de cabelo e o potencial das células-tronco: “É necessário estar ciente das fraudes", alertou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos