Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,61
    +0,49 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.855,40
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    40.026,79
    -21,14 (-0,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,91
    -17,70 (-1,75%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.584,52
    -54,01 (-0,19%)
     
  • NIKKEI

    29.350,26
    -91,04 (-0,31%)
     
  • NASDAQ

    14.035,25
    +5,00 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1129
    -0,0050 (-0,08%)
     

Startup chinesa que vende legumes registra pedido de IPO nos EUA

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Meicai, uma startup chinesa que conecta restaurantes com produtores de legumes, entrou com pedido confidencial para uma oferta pública inicial nos Estados Unidos, de acordo com pessoas a par do assunto. A empresa avança os planos de abrir o capital, apesar da onda vendedora no setor de tecnologia que suspendeu outras listagens.

A empresa com sede em Pequim trabalha no IPO com bancos como Bank of America, China Renaissance e Morgan Stanley e em breve começará a sondar o apetite dos investidores, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. A meta de captação e o valor buscado pela empresa ainda não foram decididos, disseram. As deliberações estão em estágio inicial e não há garantia de que a empresa dará continuidade ao IPO, segundo as fontes.

A Meicai já havia considerado captar cerca de US$ 300 milhões até que a saída repentina do então diretor financeiro Wang Can desacelerou os planos, segundo a Bloomberg News informou em fevereiro. A IFR disse neste mês que a empresa estima levantar cerca de US$ 500 milhões em um IPO nos EUA. Representantes da Meicai, Bank of America, China Renaissance e Morgan Stanley não quiseram comentar.

A Meicai - cujo nome significa “legume bonito” em chinês - foi fundada em 2014 por Liu Chuanjun, cientista especializado em foguetes. Usando um aplicativo de smartphone, proprietários de restaurantes na China podem pedir verduras diretamente das fazendas, se afastando do atacado tradicional ao eliminar intermediários. A empresa disse que atendia mais de 2 milhões de restaurantes em mais de 300 cidades chinesas no final de 2020.

O pedido de IPO da Meicai coincide com uma pausa de empresas chinesas para abrir o capital nos EUA. Nas últimas semanas, pelo menos três companhias chinesas - Hello, Ximalaya e Qiniu - adiaram listagens devido à fraca demanda. startup de compartilhamento de bicicletas Hello, que tem a Ant entre os investidores, também deve reduzir a meta de avaliar a empresa em US$ 10 bilhões planejada inicialmente, disseram pessoas com conhecimento do assunto. A Hello não quis comentar.

A Meicai, que conta com Tiger Global Management, Hillhouse Capital, GGV Capital, Genesis Capital e CMC Capital Group entre os investidores, levantou cerca de US$ 800 milhões em 2018 para um valuation pós-investimento de US$ 7 bilhões.

A empresa começou a atender pedidos online de clientes de varejo durante o início do surto de Covid-19, mas desde então suspendeu essas operações para se concentrar novamente em restaurantes.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.