Mercado abrirá em 28 mins
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,22
    -0,08 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.784,80
    +8,10 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    33.293,61
    -705,35 (-2,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    799,32
    +12,71 (+1,62%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.131,59
    +21,62 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.288,22
    +405,76 (+1,40%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.362,00
    +7,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8661
    +0,0038 (+0,06%)
     

Starlink: satélites podem identificar civilizações em outras galáxias

·1 minuto de leitura
Starlink: satélites podem identificar civilizações em outras galáxias
Starlink: satélites podem identificar civilizações em outras galáxias

Os milhares de satélites Starlink previstos para serem colocados em órbita na Terra pela SpaceX podem ter a capacidade de identificar civilizações capazes de construir sistemas similares em outras galáxias.

Isso é o que dizem pesquisadores da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, em um artigo publicado no ArXiv.

Entretanto, para atingir tal feito, os satélites da empresa de Elon Musk teriam que estar em pleno funcionamento e calibrados para esse propósito – algo contrário à meta da companhia, que é oferecer banda larga global via satélite.

De acordo com os cientistas, a identificação seria possível em planetas dentro de um raio de 280 anos luz da Terra, uma distância compatível com cerca de mil estrelas que são semelhantes ao Sol.

Para identificar satélites semelhantes, seria necessário construir, lançar e manter uma estrutura com grande quantidade de energia e matéria-prima, gerando calor suficiente para detectar a energia de outras constelações.

Quem sabe Elon Musk não fica curioso e resolve incluir novos planos para sua constelação Starlink?

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos