Mercado abrirá em 1 h 42 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,55
    +0,29 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.812,90
    -9,30 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    38.676,06
    -828,64 (-2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    939,75
    -21,15 (-2,20%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.104,52
    +22,80 (+0,32%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.969,25
    +16,50 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1521
    +0,0080 (+0,13%)
     

Starlink no Brasil: rede mundial de banda larga por satélite pode chegar em agosto

·1 minuto de leitura
Starlink no Brasil: rede mundial de banda larga por satélite pode chegar em agosto
Starlink no Brasil: rede mundial de banda larga por satélite pode chegar em agosto

Elon Musk anunciou nesta terça-feira que o serviço de banda larga de alta velocidade via satélite, a Starlink, vai estar disponível para o mundo inteiro, com exceção dos Pólos Norte e Sul, já em agosto. Em um primeiro momento, a Starlink vai ser disponibilizada para 12 países, e a cada mês outros vão ser adicionados.

O serviço de banda larga de alta velocidade conta com mais de 1.800 satélites na órbita baixa da Terra, todos eles lançados ao espaço pela empresa aeroespacial SpaceX, também de propriedade de Musk.

De acordo com o empresário, a Starlink já tem quase 70.000 clientes ativos, e espera ter 500 mil daqui a um ano.

O serviço da Starlink não é barato: a mensalidade é de 99 dólares, ou cerca de 500 reais. Além disso, os clientes precisam comprar uma antena parabólica para captação do sinal, que tem o custo de 499 dólares, ou quase 2 mil e 500 reais.

De acordo com Musk, esse é um serviço destinado para apenas uma pequena parcela de 3% a 5% da população mundial, que não possui acesso à internet. A rede Starlink deve funcionar como um complemento às redes de fibra óptica e 5G, chegando aos locais mais remotos do planeta.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos