Mercado fechará em 1 h 50 min
  • BOVESPA

    123.843,44
    -2.160,42 (-1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.912,82
    +15,03 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,56
    -0,35 (-0,49%)
     
  • OURO

    1.801,60
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    37.439,40
    -1.906,93 (-4,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    884,93
    +8,70 (+0,99%)
     
  • S&P500

    4.380,17
    -42,13 (-0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.927,17
    -217,14 (-0,62%)
     
  • FTSE

    6.996,08
    -29,35 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.086,43
    -1.105,89 (-4,22%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    14.812,25
    -305,50 (-2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1305
    +0,0202 (+0,33%)
     

Starlink estará disponível no mundo todo em agosto, diz Elon Musk

·2 minuto de leitura
Starlink estará disponível no mundo todo em agosto, diz Elon Musk
Starlink estará disponível no mundo todo em agosto, diz Elon Musk

Elon Musk anunciou nesta terça-feira (29), durante a edição 2021 do Mobile World Congress (MWC), que seu serviço de banda larga de alta velocidade via satélite, a Starlink, estará disponível para o mundo inteiro, com exceção dos Pólos Norte e Sul, já em agosto. Em um primeiro momento, a Starlink será disponibilizada para 12 países, e mais serão adicionados mês a mês.

O serviço de banda larga de alta velocidade conta com mais de 1.800 satélites na órbita baixa da Terra, todos eles lançados ao espaço pela empresa aeroespacial SpaceX, também de propriedade de Musk. De acordo com o empresário, a Starlink já tem quase 70.000 clientes ativos e que o serviço está crescendo rapidamente.

Segundo o sul-africano, a empresa está se encaminhando para ter algumas centenas de milhares de usuários, podendo chegar a até 500.000 dentro de 12 meses. A meta é perfeitamente plausível, já que a empresa tinha em torno de 10.000 usuários em fevereiro e ganhou cerca de 60.000 clientes em pouco mais de quatro meses.

Alto custo

Os dados são ainda mais surpreendentes quando se fala em preço, o serviço da Starlink não é barato, custando US$ 99,00 (R$ 490,70, na cotação atual) por mês. Além disso, os clientes precisam comprar uma antena parabólica para captação do sinal, que tem o custo de US$ 499,00 (R$ 2473,34).

Contudo, Musk declarou durante sua palestra na MWC que a SpaceX está perdendo dinheiro com o hardware usado para acessar o serviço, já que o custo de produção de cada antena gira em torno de US$ 1.300 (R$ 6443,58), mais que o dobro do valor cobrado dos clientes. Porém, a empresa está trabalhando para baratear esses custos, o que pode reduzir, inclusive, o valor pago pelos clientes.

Leia mais:

De acordo com Musk, esse não é um serviço destinado para todos, mas apenas por uma pequena parcela de 3% a 5% da população mundial, que não possui acesso à internet. Para o empresário, a rede Starlink deve funcionar como um complemento às redes de fibra óptica e 5G, chegando aos locais mais remotos do planeta.

Com informações do Cnet

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos