Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.864,82
    -949,21 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.612,11
    -184,19 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,76
    -3,19 (-4,56%)
     
  • OURO

    1.774,30
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    57.580,50
    -754,09 (-1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.469,11
    +26,33 (+1,83%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.213,00
    -177,75 (-1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3590
    +0,0298 (+0,47%)
     

Starbucks se une à Amazon e lança primeira cafeteria sem caixa

·2 min de leitura
Starbucks beverage cups are displayed where customers will receive their orders at a new Starbucks store, its first-ever in partnership with Amazon Go that lets customers check out without a cashier, during a preview of the store which opens on November 18, 2021, on Manhattan's East side in New York City, New York, U.S., November 16, 2021. Picture taken November 16, 2021. REUTERS/Mike Segar
O contexto de uma cafeteria sem caixas passa por uma crise de mão de obra nos Estados Unidos
  • Nova unidade do Starbucks em Nova York em parceria com a Amazon não tem caixas;

  • Contexto da unidade sem caixas passa por crise de mão de obra nos EUA;

  • Clientes pagarão em app, mas medida não afetará empregos de baristas, diz Starbucks;

A mais nova unidade do Starbucks tem uma novidade: uma cafeteria sem caixas. A rede global de café abriu na quinta-feira sua primeira localização em parceria com a Amazon Go, em uma inovadora iniciativa de loja de conveniência de tijolo e argamassa da gigante do comércio eletrônico, onde os clientes podem se sentar à mesa com um café com leite ou pegar um sanduíche uma prateleira e sair, pagando suas refeições por aplicativo ou por aproximação, de acordo com a agência Reuters. 

Leia também:

O contexto de uma cafeteria sem caixas passa por uma crise de mão de obra nos Estados Unidos, a Starbucks e outras empresas estão expandindo tecnologias que economizam mão de obra, como inteligência artificial, robótica e telas de toque digital. Dentre as outras empresas, estão a White Castle, que está testando um cozinheiro robótico, enquanto a Domino's Pizza está testando veículos autônomos para entrega. Outra novidade paralela é que a IBM está desenvolvendo o recebimento automatizado de pedidos para os drive-thrus do McDonald's.

Clientes pagarão em app, mas medida não afetará empregos de baristas, diz Starbucks;

A pandemia levou as pessoas a fazerem mais pedidos online para realizar, entregar, ou buscar em um drive-thru. Para acompanhar essa tendência nos Estados Unidos, a Starbucks mudou sua estratégia de desenvolvimento para novos formatos de loja, adicionando locais exclusivos para retirada em áreas urbanas, além das unidades de cafeterias tradicionais e de drive-thrus suburbanos.

A Starbucks e a Amazon planejam abrir pelo menos mais duas unidades nos EUA em 2022, segundo disse Kathryn Young, vice-presidente sênior de crescimento e desenvolvimento global da empresa, em entrevista à Reuters. Sobre a discussão de se a informatização tirará empregos, Young disse à agência que os baristas da Starbucks farão bebidas e o resto do cardápio da rede no novo local na cidade de Nova York, e que a empresa terá "o mesmo nível de pessoal de qualquer outro Starbucks", completou.

Para realizar os pagamentos, os clientes podem fazer pedidos por meio do aplicativo Starbucks e pegar um café para ir buscá-lo em um balcão perto da porta. Também existem as opções de usar um cartão de crédito, um aplicativo da Amazon ou em um palm reader Amazon One para entrar no resto do espaço, pegar lanches das prateleiras e sentar nas mesas ou mesmo levar pra comer depois.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos