Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.468,38
    -808,55 (-1,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,96 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Starbucks, McDonald’s e Pizza Hut começam aceitar Bitcoin como pagamento em El Salvador

·3 minuto de leitura
Aplicativos de grandes empresas em tela de celular Starbucks McDonalds KFC Subway Dominos e Pizza Hut
Aplicativos de grandes empresas em tela de celular Starbucks McDonalds KFC Subway Dominos e Pizza Hut

As manchetes do mundo se voltaram para El Salvador na última terça-feira (7), com grandes empresas como Starbucks, McDonald’s e Pizza Hut já aceitando o Bitcoin como pagamento no país.

Isso porque, o Bitcoin agora é uma moeda de curso legal em El Salvador, e todas as empresas podem trabalhar com a tecnologia de pagamentos.

Vale lembrar que o Bitcoin não é bem-visto por bancos centrais pelo mundo, que chamam a moeda de “ativo” ou “criptoativo”. Esse movimento global busca associar a moeda digital ao mercado de investimentos e não de meio de pagamento.

Dessa forma, a adoção legal do Bitcoin por grandes empresas, mesmo que restrita a um país, poderá mostrar a verdadeira face da moeda.

Starbucks, McDonald’s e Pizza Hut agora aceitam Bitcoin em El Salvador

As manchetes dos jornais locais não tiveram como ignorar a entrada em vigor da nova lei aprovada em El Salvador em junho de 2021, quando a Lei Bitcoin foi aprovada no país.

O dia foi chamado até de Bitcoin Day, em comemoração ao especial dia da moeda.

Homem lendo jornal com informação do Bitcoin em El Salvador
Homem lendo jornal com informação do Bitcoin em El Salvador

Mas o que acabou chamando a atenção foi ver que grandes empresas que operam no país começaram a colocar caixas de atendimento exclusivos para pagamentos com Bitcoin. Antes, apenas o Dólar era reconhecido como moeda, visto que El Salvador não tem uma divisa própria.

Uma das grandes empresas a aceitar pagamentos em Bitcoin foi a Starbucks, famosa cafeteria com lojas abertas pelo mundo. Vale lembrar que uma das vontades dos fãs da tecnologia é justamente pagar pelo café com a moeda digital, o que agora se tornou totalmente possível no pequeno país da América Central.

Um vídeo compartilhado pela comunidade mostra o quão fácil é comprar esse café agora, com pagamentos em Bitcoin, via Lightning Network, que demorou apenas alguns segundos.

Além da Starbucks, McDonald’s e Pizza Hut começaram a aceitar o Bitcoin como meio de pagamento, com imagens circulando em redes sociais mostrando os caixas exclusivos da moeda digital e como as empresas trabalham com a tecnologia.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Após a chegada da Lei Bitcoin, El Salvador acabou comprando 550 BTCs segundo o presidente Nayib Bukele, que tiveram parte destinados ao pagamento de US$ 30,00 para cada morador do país que utilizasse a carteira oficial do governo.

Esse passo pode ser pequeno para a história do Bitcoin, uma moeda desenvolvida na crise de 2008, mas pode representar mudanças para o futuro de El Salvador, que tem grande parte da população desbancarizada e pobre, que terá agora acesso à rede mundial de finanças descentralizadas, disse Jack Mallers, um dos responsáveis por ajudar a concretizar este momento.

“Um pequeno passo para Bitcoin, um salto gigante para a humanidade. Hoje [07/09], a humanidade dá um salto gigante na promoção das liberdades humanas, melhorando a inclusão financeira e garantindo a estabilidade econômica + oportunidade econômica para todos.”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos