Mercado fechado

Star Wars troca EA pela Ubisoft em novo game de mundo aberto

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Star Wars vai ganhar mais um jogo, agora junto à Ubisoft. A Disney anunciou a movimentação em material exclusivo com a Wired, sendo que o projeto ainda está em estágio inicial.

A Lucasfilm Games é o novo selo da Disney para jogos e já está anunciando alguns títulos recentes. Após informar que faria um jogo de Indiana Jones, com a Bethesda, agora também anunciou a parceria com a Ubisoft para Star Wars. O novo título da famosa franquia da Disney ainda não tem nem nome definido. Ele será desenvolvido pela Massive Entertainment, um dos estúdios internos da Ubisoft. O diretor desta nova produção será Julian Gerighty, que fez The Division 2 e The Crew.

A escolha se justifica, já que o novo título de Star Wars deve ser um game de mundo aberto, feito no motor gráfico Snowdrop, da própria Massive. A engine é conhecida por facilitar o trabalho de desenvolvimento de mundos abertos e amplos, como acontece em The Division 2 e The Crew.

Na entrevista ao Wired, Sean Shoptaw, vice-diretor da Disney para games, disse que o título será canônico para a nova sequência de histórias para a saga Star Wars. Entretanto, ainda não há detalhes de personagens nem narrativa.

E a EA? 

A Disney tinha um contrato de exclusividade de produções de Star Wars com a EA, a qual desenvolveu recentemente Star Wars Jedi: Fallen Order e Star Wars: Squadrons. Segundo a publicadora, seriam 10 anos de jogos lançados com exclusividade, o que parece já ter terminado.

Apesar disso, Shoptaw aponta que a desenvolvedora não deve ser descartada, sendo que a Disney deva trabalhar com mais de um estúdio por vez nos jogos de Star Wars. “A EA tem sido e continuará a ser um parceiro importante e estratégico para nós agora e no futuro. Entretanto, sentimentos que há espaço para outros também”, informou o vice-presidente à Wired.

O lançamento da Lucasfilm Games é um reflexo desta nova postura. Trata-se não mais de um estúdio interno, como foi a LucasArts até 2013, mas apenas um selo para supervisionar e licenciar a franquia para jogos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: