Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.570,33
    +40,65 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Star+, serviço com conteúdo adulto da Disney, ganha data de estreia no Brasil

·2 minuto de leitura

Reunindo conteúdos adultos produzidos pelos estúdios Disney como Deadpool, Logan e a série Lost, o serviço de streaming Star+ ganhou data oficial para estrear no Brasil: o dia 31 de agosto. Embora tenha estreado o site oficial da plataforma para o público nacional, a empresa ainda faz mistério sobre o preço de mensalidades e os conteúdos disponíveis.

O que sabemos ao certo é que o catálogo inicial deve trazer comédias animadas, séries, filmes, produções originais e transmissões de esporte ao vivo feitas pela ESPN. Ao acessar a página e clicar no botão “Quero saber mais”, você pode cadastrar seu endereço de e-mail para receber notificações sobre atualizações futuras.

No Canadá e na Europa, o Star+ surge como um complemento para o Disney+ e, por US$ 8,99 mensais (R$ 45 na conversão direta), oferece um complemento da programação convencional. Até o momento, os brasileiros contam com a versão original do serviço que traz a assinatura mensal de R$ 27,90 (ou anual de R$ 279,90) que garante acesso a conteúdos da Pixar, do universo Star Wars e a produções originais como Falcão e o Soldado Invernal, Big Shot e a série High School Musical: O Musical.

Imagem: Captura de Tela/Canaltech
Imagem: Captura de Tela/Canaltech

A previsão é que o Star+ funcione como um serviço isolado no Brasil (com direito a interface própria), focando em competir com nomes como o HBO Max, da WarnerMedia. No entanto, as parceiras que o Disney+ estabeleceu com serviços como o Globoplay dá indícios de que poderemos ver por aqui a adoção de descontos para quem assinar as duas plataformas de streaming usando os mesmos dados pessoais.

Embora o valor da assinatura não tenha sido confirmado, informações divulgadas durante o último Disney Investor Day afirmam que ele deve rondar os US$ 7,50 mensais (R$ 40 na cotação atual). Até o momento não há como saber se o conteúdo do serviço por aqui será o mesmo de suas versões internacionais (devido a questões de licenciamento), mas já podemos esperar pela reunião de conteúdos de emissoras como Fox, FreeForm, NatGeo, ABC, FX e dos estúdios Searchlight e 20th Century Fox.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos