Mercado fechado

Spread de petróleo recorde no Oriente Médio sinaliza aperto

(Bloomberg) -- O mercado de petróleo está tão apertado que alguns indicadores atingiram níveis antes impensáveis.

Em nenhum canto do mundo isso é tão gritante quanto nos Emirados Árabes Unidos, o terceiro maior produtor da Opep.

Os futuros de petróleo Murban dos Emirados para agosto são negociados a cerca de US$ 8,90 por barril acima do valor para o mês seguinte - um spread altíssimo que sinaliza forte demanda e pouca oferta. Ele atingiu um recorde de US$ 9,52 na sexta-feira. O spread correspondente para o Brent, o petróleo de referência global, nunca foi negociado a um nível tão alto.

Com margens de refino de petróleo em níveis incrivelmente altos em todo o mundo, operadores estão dispostos a pagar um prêmio alto por entregas mais rápidas. Os embarques de petróleo do Oriente Médio para a Europa, incluindo o Murban, tem aumentado nos últimos meses à medida que as refinarias buscam substituir os suprimentos russos, que são evitados desde que o país invadiu a Ucrânia.

As curvas dos contratos futuros de Brent e West Texas Intermediate, o petróleo de referência americano, também mostram uma estrutura acentuada de prêmios para as entregas mais próximas que é típica de mercados apertados.

A liquidez no contrato de Murban é mais limitada do que nos dois futuros de petróleo mais negociados do mundo. Mas o salto é um lembrete da força do mercado de petróleo no momento. Os principais swaps do Mar do Norte também dispararam nos últimos dias.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos