Mercado abrirá em 5 h 28 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,82
    -0,94 (-1,04%)
     
  • OURO

    1.800,90
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    23.835,04
    +40,50 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,02
    +14,14 (+2,60%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.484,47
    +2,10 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    20.025,48
    -20,29 (-0,10%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    13.190,75
    +7,50 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2164
    +0,0070 (+0,13%)
     

Spotify anuncia podcasts em vídeo no Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Spotify Brasil anunciou nesta segunda-feira (11) a função de publicação de podcasts em formato de vídeo. A funcionalidade, que já estava disponível para EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá, será liberada no país a partir desta terça (12). Outros países como Alemanha, França, Itália, Espanha e México também entram para a lista.

Para subir os vídeos no serviço de streaming, a empresa disponibiliza o Anchor, plataforma de edição e distribuição do Spotify. A empresa foi adquirida pela Spotify em 2019 junto com a Gimlet Media, um dos maiores grupos americanos criadores de podcasts.

Entre os podcasts originais do Spotify que terão versão em vídeo estão o Podpah, Ticaracaticast, Flow, Vacacast entre outros. Já o programa Bocas Ordinárias será o primeiro podcast Original Spotify com vídeo e estreia no dia 19 de julho.

Segundo o Spotify, a nova funcionalidade também terá caixas de perguntas e enquetes para aumentar a interação com os ouvintes. Hoje, a única forma de contato entre podcasters e público é a classificação de episódios com estrelas e se um episódio está bem compartilhado.

A funcionalidade estará disponível em todos os formatos de visualização, seja webplayer ou aplicativo. A nova atualização permite assistir ao podcast em primeiro ou segundo segundo plano.

BRASILEIRO ESCUTA CADA VEZ MAIS PODCASTS

O brasileiro registrou um aumento considerável no consumo e na frequência que escuta podcasts durante a pandemia. Segundo uma pesquisa do IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau), associação que reúne empresas de publicidade digital, em 2021, 76% dos entrevistados disseram ouvir podcast, ante 40% em 2019. Já 35% dos brasileiros que têm acesso à internet escutaram três ou mais vezes por semana.

Segundo a última pesquisa do Painel TIC Covid-19, feito pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação), em 2021, 89% dos usuários de internet no Brasil afirmam ter ouvido música em serviços online e 62% acompanharam transmissões de áudio ou vídeo em tempo real.

Em junho, a empresa anunciou a criação de um conselho de segurança para difundir informações sobre discurso de ódio, desinformação, extremismo e abuso online.

A medida é uma das estratégias adotadas pela empresa após o caso Joe Rogan, comentarista de UFC, humorista e podcaster acusado de apresentar dados falsos sobre vacinas contra a Covid-19 em seu programa "The Joe Rogan Experience".

No início do ano, artistas como Neil Young e Joni Mitchell pediram a remoção de suas músicas do serviço em ato de repúdio à permanência do conteúdo de Rogan na plataforma.

SPOTIFY EM NÚMEROS

O Spotify fechou 2021 com um prejuízo de 39 milhões de euros, mas registrou um lucro líquido de 131 milhões de euros no primeiro trimestre de 2022, ante 23 milhões em relação ao período anterior.

Desde o início da Guerra da Ucrânia, a empresa perdeu 1,5 milhão de assinantes devido ao encerramento das atividades na Rússia. Mesmo com a saída, o desfalque foi compensado pelo ganho de cerca de 3,5 milhões novos usuários pagos em outras regiões, especialmente na América Latina e na Europa, segundo a companhia.

A plataforma conseguiu segurar o impacto do conflito, registrando 182 milhões assinantes, ante 180 milhões no trimestre anterior.

O resultado positivo do serviço também se manteve pela alta na receita em anúncios. A arrecadação com propagandas no primeiro trimestre foi de 282 milhões de euros, um aumento de 31% comparado ao mesmo período de 2021. Ao todo, são 422 milhões de usuários ativos.

O consumo de podcasts via plataforma foi um dos principais fatores que seguraram o crescimento no trimestre. A alta faz jus ao investimento robusto do Spotify no segmento, que tem apostado na aquisição de podcasts exclusivos em uma tentativa de atrair usuários.

Em junho, o Spotify espera atingir receita de US$ 100 bilhões nos próximos dez anos, com alta margem de retorno para expansão em podcasts e audiolivros.

SOBRE O SPOTIFY

Fundação 

2008, no Brasil desde 2014

Sede 

Estocolmo, Suécia.

Usuários 

422 milhões por mês, em todo o mundo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos