Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,91
    +0,15 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.806,10
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    18.801,97
    -1.487,22 (-7,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,82
    -26,65 (-6,18%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.490,25
    -39,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0950 (+1,76%)
     

Spiderhead | O que esperar do novo filme de ficção e suspense da Netflix?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Chris Hemsworth quer provar que é mais do que só um rostinho bonito. Conhecido principalmente por ser o Thor dos filmes da Marvel, o ator já mostrou ter nascido para o cinema de ação, além de ter revelado um ótimo timing de comédia. Contudo, em Spiderhead, o astro quer se aventurar no campo do suspense — e já assumindo o papel do vilão.

O novo filme da Netflix chega ao streaming já nesta sexta-feira, 17 de junho, e traz uma premissa bastante ousada: e se detentos aceitassem participar de experimentos para diminuir a sua pena? É uma questão delicada, afinal passa por uma série de embates éticos que servem de ponto de partida para a história que o longa quer contar.

Só que a discussão vai um pouco além, colocando esse debate nas mãos de uma grande corporação que trata vidas humanas como números que serão convertidos em lucro no futuro. Assim, Hemsworth vive esse excêntrico bilionário que brinca com a vida e as emoções de um grupo de detentos como se fossem ratos em um laboratório.

O longa é baseado no conto Escape from Spiderhead, de George Saunders, publicado na revista estadunidense The New Yorker, e aborda todas essas questões a partir da perspectiva dos próprios detentos. Assim, o que deveria ser o caminho para eles deixarem a prisão antes do previsto se torna um experimento que pode mexer com eles para sempre.

Bem-vindo à prisão

Todo esse debate ético acontece em torno da Spiderhead, uma penitenciária conceitual comandada pela empresa de Steve Abnesti (Hemsworth). Sem celas, grades ou uniformes, os detentos enviados para lá parecem estar de férias em um luxuoso hotel.

Com cara de hotel, a Spiderhead é um lugar onde voê não quer passar férias (Imagem: Divulgação/Netflix)
Com cara de hotel, a Spiderhead é um lugar onde voê não quer passar férias (Imagem: Divulgação/Netflix)

Só que tudo tem seu preço e, no caso da Spiderhead, esse custo está em aceitar participar dos experimentos comandados por Abnesti e sua equipe. Dessa forma, os detentos recebem cirurgicamente um dispositivo que permite que o bilionário administre drogas de forma remota em cada um deles — sob a promessa de diminuir a pena daqueles que se voluntariarem a participar dos testes.

E é aí que as coisas passam a ficar mais complexas. A princípio, a promessa da penitenciária é permitir que os presos possam ser eles mesmos e agir livremente pelo complexo. Contudo, os experimentos de Abnesti passam a se tornar cada vez mais ousados à medida que ele passa a brincar com emoções e instintos de suas cobaias, seja fazendo com que um indivíduo mais tímido se torne muito mais extrovertido até levando a libido de um grupo ao máximo.

Jeff e Lizzy vão ter que superar o controle de Abnesti para escaparem da prisão (Imagem: Divulgação/Netflix)
Jeff e Lizzy vão ter que superar o controle de Abnesti para escaparem da prisão (Imagem: Divulgação/Netflix)

Em meio a um desses testes é que os detentos Jeff (Miles Teller) e Lizzy (Jurnee Smollett) vão se conhecer e juntar forças para escapar da Spiderhead, principalmente ao notarem que nada ali é o que parece ser e que os efeitos colaterais dessa experiências podem ser mais duros do que a pena que eles originalmente encaravam. Só que fugir da influência de Abnesti não é tão simples quanto parece — ainda mais quando ele é capaz de desenterrar emoções muito bem escondidas na psiquê de cada uma de suas cobaias.

Fuga de Spiderhead

Somente essa premissa já faz de Spiderhead um filme minimamente interessante. Para além do debate ético sobre experimentos em humanos e do controle de grandes corporações sobre vidas — além da própria questão penitenciária em si —, a ficção científica traz uma fórmula que sempre funcionou muito bem no cinema: a fuga da cadeia.

Ter seus hormônios controlados ao toque de um celular te deixa com essa cara (Imagem: Divulgação/Netflix)
Ter seus hormônios controlados ao toque de um celular te deixa com essa cara (Imagem: Divulgação/Netflix)

Só isso já é o suficiente para garantir uma boa dose de ação que nunca faz mal a ninguém, ainda mais quando temos nomes como Hemsworth e Teller no elenco, que estão virando os queridinhos do gênero. Adicione à equação a direção de Joseph Kosinski (Top Gun: Maverick) e o resultado se mostra bastante animador.

Além disso, todo esse clima de mistério por trás da corporação também funciona para construir o suspense. Assim como a prisão do título, Spiderhead é um thriller psicológico que se aproveita da cara de bom moço de seus protagonistas para esconder um lado obscuro e mais tenso.

Um local em que você precisa estar vendado para entrar sempre é cilada (Imagem: Divulgação/Netflix)
Um local em que você precisa estar vendado para entrar sempre é cilada (Imagem: Divulgação/Netflix)

Assim, ao mesmo tempo em que vamos acompanhar a corrida de Jeff e Lizzy para fugirem do local, vamos saber mais sobre o passado de cada um deles e esse mergulho no passado de cada um deve revelar coisas não muito legais — da mesma forma como devemos ver um lado cada vez mais podre da empresa que administra o local.

Contudo, como já pontuamos, é justamente esse contorno reflexivo que deve chamar mesmo a atenção. Apesar de a temática ética e até corporativa aparecer de forma bastante superficial nos trailers, o assunto é parte central do conto que deu origem ao longa e tem tudo para nortear tanto a ação quanto o suspense.

Spiderhead é uma produção exclusiva da Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos