Mercado abrirá em 5 h 44 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,98
    +0,62 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.786,80
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    49.950,28
    -567,47 (-1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.306,82
    +1,70 (+0,13%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.211,12
    +214,25 (+0,89%)
     
  • NIKKEI

    28.776,68
    -83,94 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    16.368,75
    -23,50 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2739
    -0,0002 (-0,00%)
     

SpaceX quer lançar Starship à órbita entre janeiro e fevereiro de 2022

·2 min de leitura

Elon Musk, CEO da SpaceX, havia comentado em outubro a possibilidade de o veículo Starship ser lançado à órbita em novembro. Embora este cenário não tenha se concretizado, o primeiro teste de voo orbital do Starship pode não estar tão distante. Durante uma apresentação nos painéis Space Studies Board e Board on Physics and Astronomy realizada nesta quarta-feira (17), ele declarou que a SpaceX espera realizar a primeira tentativa de lançamento orbital do Starship entre janeiro e fevereiro de 2022.

Se tudo acontecer conforme o planejado pela empresa, o primeiro lançamento poderá ser seguido de alguns outros, realizados em um intervalo curto depois. “Queremos realizar uma dúzia de lançamentos no ano que vem”, disse ele, sugerindo que podem também haver ainda mais. Até o momento, somente protótipos com apenas três motores foram lançados em testes breves, alcançando até 10 km de altitude.

Trajetória do estágio orbital do veículo durante o teste de voo (Imagem: Reprodução/SpaceX)
Trajetória do estágio orbital do veículo durante o teste de voo (Imagem: Reprodução/SpaceX)

Assim, a ideia da SpaceX é realizar o primeiro teste orbital com o protótipo SN20, cujo propulsor está equipado com 29 motores Raptor. Durante o teste, o sistema será lançado das instalações de Starbase, próximas de Boca Chica, no Texas. O booster retornará para pousar no Golfo do México, enquanto o SN20 seguirá viagem para completar uma volta ao redor da Terra e retornará para pousar perto da ilha de Kauai, no Oceano Pacífico.

Entretanto, Musk já alertou que não se deve esperar um voo perfeito. “Há muitos riscos associados a esse primeiro lançamento”, disse ele. “Eu não diria que é provável que terá sucesso, mas acho que faremos um grande progresso”, explicou. Segundo o bilionário, este progresso deverá levar a empresa a novos lançamentos ao longo do ano que vem, o que pode mostrar que o Starship é seguro para iniciar missões operacionais em 2023.

A SpaceX ainda precisa da aprovação da Federal Aviation Administration (FAA), a agência regulatória de voos nos Estados Unidos, que está trabalhando em uma análise ambiental das atividades de lançamentos orbitais em Starbase. Segundo uma atualização recente da instituição, a análise poderá ser concluída no dia 31 de dezembro; portanto, a empresa ficaria livre para o lançamento não muito tempo depois.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos