Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.273,68
    +3.950,86 (+6,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

SpaceX quer finalizar fase de testes beta da internet Starlink em outubro

·2 minuto de leitura

Desde 2019, a SpaceX vem lançando satélites para a megaconstelação Starlink, criada para oferecer internet de alta velocidade e baixa latência a usuários a todo o mundo. Atualmente, o serviço funciona em um programa de testes beta, mas, de acordo com um tuíte de Elon Musk, CEO e fundador da SpaceX, essa etapa pode estar chegando ao fim.

Em uma publicação feita na rede social na última sexta-feira (17), um usuário perguntou quanto o serviço sairia da fase beta, e Musk respondeu que isso acontecerá "no mês que vem", o que sugere que a fase seria encerrada em outubro. Essa data ocorre dois meses depois de um possível encerramento em agosto, prazo proposto por Musk durante um evento realizado em junho.

Isso sugere que, pelo menos em teoria, o serviço pode chegar mais rapidamente a outros países sem levar consigo o estigma de testes — durante o programa, o serviço era disponibilizado somente para usuários convidados, mas posteriormente foi liberado para mais clientes que tinham que desembolsar US$ 99 para fazer um pedido de uso da rede.

Além disso, se o prazo se cumprir, o lançamento oficial do serviço irá acontecer após a SpaceX anunciar que enviou mais de 100.000 terminais aos seus clientes em kits que incluem antena e roteador. Ao deixar de ser considerada uma rede de testes, mais países podem ter acesso à conexão e o número de terminais enviados aos usuários deverá aumentar. A expectativa da SpaceX é chegar a 500.000 usuários em 12 meses.

O kit que os usuários recebem para acessar a rede Starlink (Imagem: Reprodução/SpaceX)
O kit que os usuários recebem para acessar a rede Starlink (Imagem: Reprodução/SpaceX)

Até o momento, a SpaceX já lançou mais de 1.700 satélites Starlink à órbita, e espera chegar a até 42.000 unidades para oferecer cobertura a todo o mundo. Para utilizá-la, os interessados devem adquirir o kit do terminal e pagar uma taxa mensal de US$ 99.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos