Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,45
    -1,21 (-1,46%)
     
  • OURO

    1.796,70
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    58.590,58
    -2.167,60 (-3,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.401,16
    -73,17 (-4,96%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.745,20
    -353,04 (-1,21%)
     
  • NASDAQ

    15.618,50
    +31,25 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4189
    -0,0058 (-0,09%)
     

SpaceX pode construir versões do Starship exclusivas para o turismo espacial

·2 minuto de leitura

Na noite do dia 15 de setembro, a SpaceX realizou o histórico lançamento da Inspiration4, a primeira missão totalmente tripulada por civis para uma viagem de três dias ao redor da Terra. Antes mesmo de a Crew Dragon retornar com seus quatro viajantes espaciais, a empresa já havia despertado o interesse de futuros clientes — e cogita desenvolver naves exclusivamente para o turismo espacial.

A Inspiration4 não foi exatamente um passeio no espaço. Ela foi a primeira missão totalmente tripulada por civis, na qual seus tripulantes desenvolveram uma série de pesquisas, como os efeitos da gravidade e espaço no corpo humano. Mesmo assim, representou a expansão dos voos comerciais contratados por “pessoas comuns”.

(Imagem: Reprodução/SpaceX)
(Imagem: Reprodução/SpaceX)

Durante uma coletiva de imprensa após o retorno dos tripulantes, Benji Reed, diretor sênior de programas de voos espaciais humanos da SpaceX, disse que a quantidade de pessoas que estão procurando a empresa por meio dos portais de venda e marketing aumentou significativamente. “Há muito interesse rolando agora”, acrescentou Reed.

Na mesma ocasião, Reed afirmou que a nave Starship eventualmente pode ser destinada a lançar turistas ao espaço. Para isso, ela precisaria passar por uma grande atualização para, então, comportar um maior número de passageiros em um único lançamento. “Então, você sabe, existem realmente as duas opções, e temos interesse tanto por Dragons quanto por Starships, o que é muito empolgante”, ressaltou o diretor.

(Imagem: Reprodução/NASA)
(Imagem: Reprodução/NASA)

A SpaceX avançou de maneira significativa no desenvolvimento do veículo Starship, bem como seu potente impulsionador Super Heavy, mas o sistema de lançamento ainda está longe de alcançar a órbita da Terra. O primeiro teste orbital teria acontecido em julho passado; no entanto, uma série de aprovações regulatórias e burocracias não permitiu o lançamento orbital do sistema — e talvez, isso nem ocorra mais neste ano.

A cápsula espacial Crew Dragon se revelou mais uma vez eficiente em transportar humanos ao espaço com segurança, mas apenas com quatro tripulantes. Já uma espaçonave capaz de abrigar até 100 pessoas é uma ideia empolgante, mas ainda um grande desafio. Reed também acrescentou que “se houver demanda”, a SpaceX pode construir uma Crew Dragon configurada para o turismo espacial — ou seja, acomodando mais gente de uma só vez, ainda que essa capacidade não seja tão grande quanto o potencial da Starship.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos