Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.710,79
    +1.790,18 (+1,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.255,66
    +320,75 (+0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,83
    +0,12 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.833,10
    +17,40 (+0,96%)
     
  • BTC-USD

    57.919,81
    +2.002,98 (+3,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.495,55
    +59,77 (+4,16%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.706,50
    +108,75 (+0,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3572
    -0,0094 (-0,15%)
     

SpaceX envia 4 astronautas da Nasa a missão na estação espacial

Steve Gorman
·1 minuto de leitura
Foguete da SpaceX com cápsula levando quatro astronautas da Nasa é lançado no Cabo Canaveral, na Flórida

Por Steve Gorman

(Reuters) - A Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa) e a SpaceX, empresa de foguetes comerciais de Elon Musk, enviaram uma nova equipe de quatro astronautas à Estação Espacial Internacional nesta sexta-feira, a primeira tripulação que entrou em órbita impulsionada por um foguete auxiliar reciclado de um voo espacial anterior.

A cápsula Endeavour da Equipe Dragão partiu no topo de um foguete

SpaceX Falcon 9 quando seus nove motores Merlin entraram em ação às 5h49 locais no Centro Espacial Kennedy da Nasa, localizado no Cabo Canaveral, na Flórida. A decolagem foi transmitida ao vivo na Nasa TV.

A tripulação deve chegar à estação espacial, que orbita a Terra a cerca de 400 quilômetros de altitude, no início do sábado após um voo de cerca de 23 horas.

A missão transporta a segunda equipe "operacional" da estação espacial a ser enviada pela Nasa a bordo de uma cápsula Equipe Dragão desde que os EUA retomaram o envio de astronautas ao espaço partindo de solo norte-americano no ano passado após um hiato de nove anos – o programa de ônibus espaciais foi encerrado em 2011.

Também se trata do terceiro voo tripulado colocado em órbita graças à parceria público-privada nascente da Nasa com a SpaceX, empresa de foguetes da qual Musk, empreendedor bilionário que é presidente-executivo da fabricante de carros elétricos Tesla Inc, é fundador e proprietário.

A equipe deve passar seis meses na plataforma orbital de pesquisa realizando experimentos científicos e manutenção.

(Por Steve Gorman em Los Angeles)