Mercado fechará em 2 h 33 min

SpaceX cancela lançamento de satélites Starlink no último segundo

Daniele Cavalcante

Neste domingo (15), a SpaceX interrompeu um lançamento do foguete Falcon 9, que levaria a próxima leva de 60 satélites Starlink à órbita terrestre baixa (LEO). Este seria o sexto lançamento do projeto que criará uma rede global de internet de banda larga.

De acordo com a empresa, a interrupção ocorreu devido a um problema de potência no motor do Falcon 9. O computador de bordo do foguete detectou automaticamente a falha em um dos nove motores Merlin 1D, e a missão foi cancelada nos últimos segundos da contagem regressiva, às 6h22 (horário de Brasília).

Michael Andrews, gerente na SpaceX, explicou que "existem milhares de maneiras pelas quais um lançamento pode dar errado, mas apenas uma maneira pelo qual o lançamento pode dar certo". Por isso há bastante cautela e "se a equipe vir algo que pareça um pouco ruim, interromperemos a contagem regressiva".

A SpaceX realiza um teste com cada um de seus foguetes antes dos lançamentos, para que os engenheiros garantam que os sistemas estejam funcionando conforme o esperado. Esse teste de rotina normalmente acontece alguns dias antes do lançamento - no caso da missão de domingo, o teste foi concluído na sexta-feira à tarde (13) sem que nada de anormal tenha sido detectado.

O quinto lançamento Starlink ocorreu no dia 17 de fevereiro, após um atraso de 24 horas por causa de um problema com um componente no segundo estágio do foguete. Os satélites foram colocados em órbita com sucesso, mas o primeiro estágio do foguete não conseguiu pousar corretamente no navio-drone, e caiu no oceano.

No Twitter, a SpaceX afirmou que a próxima data de lançamento será anunciada assim que estiver confirmada. É que, para determinar a próxima data, a empresa precisa primeiro passar pela Força Aérea dos EUA e pelo Eastern Range (espaçoporto onde acontecem os lançamentos na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral), que supervisionam os lançamentos da região.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: