Mercado abrirá em 3 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,82
    -0,33 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.748,20
    +11,90 (+0,69%)
     
  • BTC-USD

    62.747,56
    -1.259,57 (-1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.372,32
    -3,46 (-0,25%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.958,59
    +19,01 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.878,50
    +79,75 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7716
    -0,0013 (-0,02%)
     

SpaceX avança na montagem do primeiro protótipo do propulsor Super Heavy

Danielle Cassita
·2 minuto de leitura

Nos últimos meses, a SpaceX realizou diversos testes com protótipos do foguete Starship. Agora, a empresa se aproxima da finalização da outra parte do futuro sistema de lançamentos: em um tuíte publicado nesta quinta-feira (18), Elon Musk mostrou uma imagem do BN1 (a abreviação de "Booster Number 1"). Trata-se do primeiro protótipo do poderoso propulsor Super Heavy, que irá impulsionar o foguete Starship para sair da Terra.

Já sabíamos que, em fevereiro, metade do protótipo já havia sido construída. Agora, nesta nova imagem, é possível observar o BN1 e os mais de 30 anéis de aço que formam sua estrutura. Segundo outra publicação de Musk, este primeiro foguete é mais um protótipo pioneiro, para que a empresa estude as melhores formas de construir e transportar este estágio, que chega aos 70 m de altura. Portanto, somente o protótipo sucessor irá passar por testes de voo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ainda não há informações sobre quando o foguete será transportado para passar por testes de pressão e ignição estática. Embora a estrutura esteja bastante avançada, ainda é preciso soldar as duas partes dela, além de conectar alguns componentes. Quando estiver finalizado, o protótipo BN1 terá apenas três metros de diferença em relação ao foguete Falcon 9 ou ao Falcon Heavy, que levam o título de segundo e terceiro, respectivamente, maiores foguetes operacionais hoje. Contudo, o Super Heavy é somente o propulsor do sistema que, quando estiver totalmente montado com o estágio superior e uma espaçonave no topo, o veículo deverá chegar a 120 m de altura.

Depois que estiver pronto, o Super Heavy vai contar com cerca de 30 motores Raptor que, quando estiverem funcionando na potência máxima, é possível que o foguete seja considerado o mais poderoso já construído. Desta forma, o booster poderá levar o foguete Starship para a órbita, para transportar pessoas e cargas a destinos como a Lua e Marte. Além disso, ambos serão totalmente reutilizáveis, e a SpaceX planeja que o Super Heavy volte para a Terra para pousar verticalmente, sendo “agarrado” pela torre de lançamento.

Já o Starship poderá fazer viagens de ida e volta durante suas missões, e será poderoso o suficiente para partir sozinho de Marte e da Lua. Se tudo correr conforme o cronograma ambicioso que Musk planejou, o Starship e seu booster podem ir para a órbita terrestre logo no início de julho deste ano — mas, claro, este prazo não é fixo e está sujeito a mudanças por diversos fatores. Vale lembrar que, mesmo com este prazo tão próximo, os protótipos do foguete Starship ainda estão passando por testes, sendo que o SN10, o mais recente, pousou com sucesso, mas explodiu.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: