Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,46
    +0,56 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.834,40
    +3,10 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    58.201,20
    -380,08 (-0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.736,25
    +26,50 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3701
    +0,0050 (+0,08%)
     

SpaceX ganha contrato de US$2,9 bi da Nasa para levar astronautas à Lua

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
SpaceX's SN15 Starship prototype sits on a launch pad, Tuesday, April 13, 2021, in Boca Chica, Texas. (Miguel Roberts/The Brownsville Herald via AP)
O protótipo Starship SN15 da SpaceX no Texas, Estados Unidos (Miguel Roberts/The Brownsville Herald via AP)
  • Nasa escolheu proposta da SpaceX para construir espaçonave que levará astronautas à Lua

  • Companhia de Elon Musk já trabalha no protótipo Starship

  • Missão Artemis deve durar mais do que missão Apollo, que levou homem à Lua pela primeira vez

A Nasa (agência espacial norte-americana) anunciou nesta sexta-feira (16) que selecionou a SpaceX para construir uma espaçonave capaz de levar astronautas à Lua. A empresa de Elon Musk levou o contrato de R$ 2,9 bilhões (cerca de quase R$ 16,1 bilhões) e superou a proposta do “consórcio nacional” Blue Origin - de Jeff Bezos, de Jeff Bezos, Lockheed Martin, Northrop Grumman e Draper - e da companhia Dynetics. As informações são do The Washington Post.

Leia também:

O veículo de pouso produzido pela SpaceX vai levar os astronautas à superfície lunar durante as missões do programa Artemis. Entretanto, agora o objetivo é diferente das missões Apollo, que levaram o homem a pisar em solo lunar em 1972. Com apoio de companhias de exploração espacial privadas, a Nasa se prepara para se manter a longo prazo na Lua e assim permitir que seres humanos possam, de lá, conhecer Marte.

Projeto de Musk

A SpaceX já trabalha no protótipo Starship e já recebeu US$ 135 milhões (R$ 753,948 milhões) para desenvolver o projeto.

Em 2020, Blue Origin, SpaceX, Dynetics fizeram propostas para fechar o contrato, que prevê que os sistemas capazes de levar os astronautas à Lua fiquem prontos até 2024, a fim de manter um cronograma da Casa Branca. A oferta da companhia de Elon Musk foi escolhida por ser “de longe era a que tinha o menor custo”.

É o primeiro passo para cumprir o propósito da empresa criada em 2002 por Musk: levar humanos a Marte.