SP: venda de imóveis usados cresce 10,3% em outubro, diz Creci-SP

SÃO PAULO – A venda de imóveis usados na cidade de São Paulo cresceu 10,31% no mês de outubro, frente a setembro deste ano. No acumulado do ano até outubro, a venda já registra alta de 11,11%, segundo dados da pesquisa divulgada pelo Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) nesta sexta-feira (21).

Por zonas, o maior volume de vendas foi registrado na zona D (bairros como Bom Retiro, Brás, Centro e Penha), de 29,94%. A região com menos vendas apontadas foi a E, que engloba Brasilândia, Grajaú, Campo Limpo e Itaquera, com 15,82% das comercializações de imóveis.

Na zona B (bairros como Vila Mariana, Vila Madalena, Aclimação e Paraíso), o percentual de vendas foi de 20,9%. Já a zona C (Barra Funda, Butantã, Água Branca e Lapa) teve 16,95% das vendas e por fim, a zona A (Morumbi, Campo Belo, Cidade Jardim, Higienópolis e Itaim Bibi), com 16,38% das vendas.

Preferências
No décimo mês deste ano, foram vendidos mais apartamentos do que casas, com 68,16% e 31,84%, respectivamente, de participação das unidades comercializadas.

Sobre o valor do imóvel, é possível perceber na capital a preferência por aqueles acima de R$ 200 mil – que tiveram 74,16% de participação, de acordo com a tabela abaixo:

Imóveis usados
Valor do Imóvel (R$) Capital
Fonte: Creci-SP
Até 40 mil nulo
De 41 a 60 mil nulo
De 61 a 80 mil 2,81%
De 81 a 100 mil 1,12%
De 101 a 120 mil 2,81%
De 121 mil a 140 mil 1,69%
De 141 mil a 160 mil 3,93%
De 161 mil a 180 mil 8,99%
De 181 mil a 200 mil 4,49%
Acima de 200 mil 74,16%
Carregando...