Mercado abrirá em 2 h 17 min
  • BOVESPA

    115.882,30
    -581,70 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.262,01
    -791,59 (-1,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,35
    -0,50 (-0,95%)
     
  • OURO

    1.842,40
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    31.453,82
    -55,77 (-0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    632,96
    +5,30 (+0,84%)
     
  • S&P500

    3.750,77
    -98,85 (-2,57%)
     
  • DOW JONES

    30.303,17
    -633,83 (-2,05%)
     
  • FTSE

    6.450,17
    -117,20 (-1,78%)
     
  • HANG SENG

    28.550,77
    -746,76 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.197,42
    -437,79 (-1,53%)
     
  • NASDAQ

    12.938,00
    -167,50 (-1,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5480
    -0,0057 (-0,09%)
     

SP lança programas para compra de uniforme e material escolar

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil
·2 minuto de leitura

A prefeitura da capital paulista anunciou hoje (16) dois programas para que os pais dos alunos da rede municipal de ensino possam comprar material e uniforme escolares. Serão distribuídos, por meio de valores creditados no aplicativo Mercado Pago, R$ 387 para os uniformes e até R$178 para os materiais.

Terão direito ao material escolar 1,1 milhão de estudantes da rede municipal e, aos uniformes, aproximadamente 650 mil alunos. Os valores poderão ser utilizados nas lojas e fornecedoras credenciadas pela Secretaria municipal de Educação. Até o momento, cerca de 30 empresas estão cadastradas.

Até o ano passado, a prefeitura distribuía um kit que vinha com peças pré-determinadas (cinco camisetas, uma calça, uma bermuda, cinco pares de meia, uma jaqueta, um blusão e um par de tênis). A partir de agora, cada família poderá comprar de acordo com sua necessidade, dentro do valor disponibilizado.

A lista de material escolar será divulgada aos pais pelas escolas. As famílias poderão adquirir apenas os itens referente a cada faixa etária, até o valor disponibilizado, nos estabelecimentos cadastrados. Para educação infantil - berçário 1 e 2 serão destinados R$ 33,40 a cada aluno; para educação infantil - mini-grupo 1 e 2, R$ 79,84; para educação infantil - pré-escola, R$ 122,86; do 1° ao 3° ano, R$ 135,96; para o ensino fundamental – 4º ao 6° ano, R$ 178,41; para o ensino fundamental – 7º ao 9º ano, R$ 135,65; para o ensino médio e educação de jovens e adultos, R$ 122,10.

“Essa é uma estratégia com vistas ao retorno das aulas em 2021 e tem um impacto muito relevante também para a retomada econômica de São Paulo, com a prefeitura utilizando seu poder de compra para aquecer principalmente os pequenos empreendedores”, disse o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano.

O credenciamento de fornecedores dos uniformes pode ser feito pelo site da prefeitura. Para o material escolar, a secretaria tem uma página com informações sobre a lista para cada etapa de ensino, que pode ser consultada neste neste endereço da prefeitura.