Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    47.857,35
    -2.744,59 (-5,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

SP apresenta queda na taxa de ocupação dos leitos de UTIs para Covid

VICTORIA DAMASCENO
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A taxa de ocupação das UTIs (unidades de terapia intensiva) exclusivas para pacientes de Covid-19 segue em queda no estado de São Paulo e na região metropolitana da capital, segundo dados do governo paulista. Nesta quarta-feira, o estado tinha 81,4% dos leitos ocupados, quase quatro pontos percentuais a menos do que os 85,3% registrados na quarta-feira passada. Há 15 dias, esse número chegou a 88,3%. Já a Grande São Paulo tinha lotação de 79,4% ontem, enquanto na semana passada a taxa era de 83,3%, e a duas semanas atrás foi de 87,2%. Neste domingo (18), o estado entrou na fase de transição, que flexibiliza as regras para o setor de comércio e serviços, após o término da fase emergencial, etapa mais dura do Plano São Paulo. Até sexta-feira (23), comércios, incluindo shoppings, podem abrir das 11h às 19h. Já a partir de sábado (24) até a próxima sexta-feira (30), restaurantes, bares, salões de beleza, parques, clubes e academias também estão autorizados a funcionar no mesmo horário. Apenas as academias poderão abrir das 6h às 19h. O índice isolamento social não teve mudanças significativas. Nesta quarta-feira, feriado de Tiradentes, a média no estado ficou em 48%. No último feriado, na Sexta-feira Santa (2), não passou de 47%. Já na quarta-feira passada, dia útil, o isolamento ficou em 42%, levemente abaixo do que na quarta anterior, quando o sistema do governo marcou 44%. A média de trânsito, por outro lado, diminuiu. De acordo com dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), foram 4 quilômetros de lentidão neste feriado, enquanto na Sexta-feira Santa foram 18 quilômetros. Na quarta passada, o congestionamento ficou em 32 quilômetros, média superior aos 24 quilômetros da semana anterior. O número de carros circulando foi de aproximadamente 1,7 milhão nesta quarta, valor consideravelmente menor do que no último feriado, quando 4,2 milhões estavam nas ruas. Na semana passada, cerca de 5,7 milhões de veículos circulavam, e na quarta anterior, 5,1 milhões.