Mercado fechará em 5 h 5 min
  • BOVESPA

    113.735,52
    -442,02 (-0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,21
    +1,20 (+1,48%)
     
  • OURO

    1.932,30
    +2,30 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    22.918,31
    -174,93 (-0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    519,15
    -8,03 (-1,52%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.759,86
    -1,25 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.058,00
    -48,75 (-0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5087
    -0,0110 (-0,20%)
     

SOS Emergência do iPhone 14 tem primeiro pedido por satélite registrado

Depois de ter sido apresentado pela Apple durante o evento do iPhone 14 em setembro, o modo de SOS Emergência por Satélite teve seu primeiro pedido de socorro registrado. O caso aconteceu com uma pessoa que andava de snowmobile, no Alasca.

Snowmobile pode ter ficado preso na neve (Imagem: The Wahington Post)
Snowmobile pode ter ficado preso na neve (Imagem: The Wahington Post)

De acordo com o departamento de saúde pública local, a comunicação foi feita no último dia 1º de dezembro, por volta das duas horas da madrugada. O sinal do iPhone foi recebido pelas autoridades com a localização do GPS, o que foi fundamental nas buscas.

A equipe de quatro pessoas foi capaz de localizar o homem, e transportá-lo para a unidade de tratamento mais adequada. Não foram registrados ferimentos entre os envolvidos no caso.

Segundo relatos divulgados pelo portal MacRumors, os oficiais ficaram impressionados com a agilidade e eficiência do sistema. Outro ponto elogiado foi o nível de detalhamento das informações repassadas para a equipe de emergência.

Não foi divulgado o motivo oficial que impossibilitou o deslocamento do snowmobile — porém, é provável que ele tenha sofrido algum problema mecânico, ou mesmo tenha ficado preso na neve.

SOS Emergência por Satéite é novidade do iPhone 14

SOS Emergência via Satélite é forma alternativa de comunicação (Imagem: Divulgação/Apple)
SOS Emergência via Satélite é forma alternativa de comunicação (Imagem: Divulgação/Apple)

Mesmo que tenha sido mostrado há quase três meses, o SOS Emergência via Satélite só entrou em operação algumas semanas atrás. O serviço é exclusivo para alguns países selecionados, como os Estados Unidos e o Canadá.

O sistema utiliza a comunicação via satélite para chamar pelo resgate, em uma solução integrada com serviços oficiais. Nos EUA, por exemplo, ele é ativado automaticamente quando o usuário ligar pelo 911, o famoso número de emergência.

Porém, é possível testar o recurso com um modo demo disponível no próprio aplicativo. Neste caso, basta acessar Configurações > SOS de emergência > SOS de emergência via satélite > Experimentar demonstração.

Recurso já existia em produtos Garmin

Garmin inReach Messenger pode ser pareado a smartphones (Imagem: Divulgação/Garmin)
Garmin inReach Messenger pode ser pareado a smartphones (Imagem: Divulgação/Garmin)

Antes mesmo de sua inauguração, o serviço de emergência já tinha alternativas semelhantes em outros produtos. Um deles é o inReach Messenger, dispositivo da Garmin que pode ser pareado com qualquer smartphone moderno.

Dados revelados pela Garmin indicam que as atividades de caminhadas e trilhas são as que mais geram pedidos de socorro. Elas são seguidas pelo ato de dirigir, pilotar motos, escaladas e passeios de barco.

Além disso, as lesões físicas aparecem como a motivação mais comum para os comunicados com equipes especializadas. Outros casos ainda incluem problemas médicos, acidentes de trânsito, atolamento e problemas com veículos.

O serviço de SOS Emergência deve ser expandido ainda neste mês para países como França, Alemanha, Irlanda e Reino Unido. Mais locais devem completar a lista no ano que vem, mas o Brasil ainda não foi confirmado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: