Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.497,13
    +351,41 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Sorvete chinês que não derrete é investigado por autoridades

Sorvetes chineses que não derretem nem ao serem expostos a fogo ou temperaturas altas estão sendo investigados pelas autoridades. A ação foi tomada após diversos vídeos com as tentativas de derreter o produto viralizarem, com clientes cobrando explicações — especialmente devido ao alto custo do doce, vendido pela marca Zhong Xue Gao, com sede em Xangai.

O sorvete específico utilizado para teste tem sabor de coco e sal marinho e, assim como outros de primeira linha da marca, custa ¥ 70 (yuans), ou seja, R$ 60, o que levou a população a apelidar o produto de "Hermès dos sorvetes". Mesmo sendo relativamente caros, as iguarias doces fazem sucesso nas principais cidades da China.

Sorvete chinês que não derrete é denunciado por clientes e passa por investigação pelas autoridades (Imagem: Svitlana/Unsplash)
Sorvete chinês que não derrete é denunciado por clientes e passa por investigação pelas autoridades (Imagem: Svitlana/Unsplash)

Queimando o sorvete

Nos experimentos realizados por clientes, o sorvete é exposto à chama de um isqueiro comum e colocado em uma sala climatizada a 31 ºC por mais de 50 minutos. Em nenhum dos casos o produto chegou a derreter, ficando em um estado sólido e pegajoso. Um funcionário do Departamento de Supervisão e Administração do Mercado de Xangai disse estar ciente dos vídeos e investigando os casos.

Mesmo afirmando que o sorvete não derreteu à plena vista, ele ainda afirmou que testes mais confiáveis deverão ser realizados, em instituições profissionais e a partir de dados científicos. Segundo a empresa que fabrica o produto, os principais componentes do sorvete sabor coco e sal marinho são leite, creme de leite, polpa de coco, leite condensado e leite em pó, o que o torna 40% sólido.

A fabricante ainda relata adicionar 0,032 gramas de carragenina — um extrato de algas marinhas — nos potes de sorvete, chegando a 78 gramas cada, de acordo com regulamentações de saúde do país. Segundo ela, a substância é aplicada amplamente em sorvetes e bebidas, funcionando como uma goma que ajuda a manter a estabilidade.

Algumas evidências apontam que a carragenina pode acarretar problemas de saúde, chegando até mesmo a causar câncer: a empresa, no entanto, afirma que os estudos em questão foram feitos apenas em animais e células, contestando os resultados para sua possível influência em humanos.

Ainda assim, a população não ficou convencida que o sorvete de coco e sal marinho seja saudável, e continua exigindo explicações sobre a "não-incinerabilidade" do produto e seu preço elevado. O jeito é esperar análises laboratoriais mais profundas e recorrer ao bom e velho sorvete comum enquanto isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos