Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    +0,45 (+0,63%)
     
  • OURO

    1.764,10
    -10,70 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    35.531,81
    -2.174,83 (-5,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    882,98
    -56,97 (-6,06%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Sortudos recebem prêmio 46 vezes maior por engano com Bitcoin

·2 minuto de leitura

A plataforma de criptomoedas BlockFi acidentalmente pagou uma quantidade 46 vezes maior de recompensas promocionais em Bitcoin (BTC) e, agora, está ameaçando processar judicialmente para recuperar os fundos.

Como parte de uma oferta promocional de março, a BlockFi ofereceu aos usuários um bônus em Bitcoin de uma porcentagem do volume negociado. A promoção ocorreu entre os dias 18 a 31 de março. Após começar a pagar as recompensas, a plataforma relatou um problema na última sexta-feira (14), dizendo que os participantes estavam recebendo maiores valores de bônus.

A empresa acidentalmente pagou uma quantidade 46 vezes maior de Bitcoin por essas recompensas promocionais. Com alguns pagamentos totalizando centenas de unidades da criptomoeda, a BlockFi ameaçou entrar com uma ação legal para recuperar suas moedas. No entanto, isso também afetou alguns de seus usuários, que afirmam não estar associados à promoção.

Usuários afetados pelo erro da BlockFi

Um porta-voz da BlockFi no Reddit esclareceu a situação em um comunicado. O representante detalhou que “menos de 100 clientes” receberam pagamentos de criptomoedas “que não lhes pertenciam”. Ele ainda disse que a plataforma contatou os clientes para corrigir o erro. Foi garantido aos usuários que a situação não afetaria nenhuma das operações em andamento em seu sistema, acrescentando que “os fundos dos clientes não são afetados e estão protegidos”.

Enquanto alguns usuários devolveram os BTCs, outros retiraram suas recompensas antes de perceberem o erro. Por exemplo, um usuário do Reddit postou imagens de um depósito de mais de 700 Bitcoins que foi revertido. No entanto outro afirma que um amigo recebeu cinco Bitcoins e foi capaz de transferi-lo para uma carteira fora da plataforma.

A BlockFi contatou alguns usuários por e-mail e ameaçou cobrar judicialmente caso eles não devolvessem os fundos. No entanto, outros usuários que não participaram da promoção afirmam que também viram seus saques serem suspensos. Por exemplo, um usuário recebeu Bitcoin e Gemini Dolar (GUSD), dos quais o BTC foi revertido. No entanto, quando o usuário tentou sacar uma quantia em GUSD que havia depositado anteriormente, a plataforma o acusou de fraude.

Erro parecido foi visto no Citigroup

Um erro semelhante ocorreu no ano passado envolvendo o Citigroup, que transferiu acidentalmente US$ 900 milhões para um grupo de credores. No entanto, um juiz federal acabou decidindo que os destinatários não precisavam devolver os fundos ao banco.

O Citi pretendia fazer um pequeno pagamento de juros em nome da Revlon, mas, na verdade, reembolsou o empréstimo integralmente. Normalmente, os destinatários de dinheiro transferidos por engano são obrigados a devolvê-los. Nesse caso, os credores tinham motivos razoáveis para acreditar que o pagamento era intencional e se recusaram a devolver cerca de US$ 500 milhões.

O artigo Sortudos recebem prêmio 46 vezes maior por engano com Bitcoin foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos