Mercado abrirá em 8 h 2 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,42
    +0,37 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.684,90
    +6,90 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    53.874,12
    +3.271,54 (+6,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.087,49
    +63,28 (+6,18%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.924,92
    +384,09 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    28.934,79
    +191,54 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    12.444,50
    +147,25 (+1,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9718
    +0,0120 (+0,17%)
     

Sormani critica Muricy trabalhando no São Paulo e vê pressão em cima de Fernando Diniz

LANCE!
·1 minuto de leitura


Para o jornalista Fabio Sormani, a presença de Muricy Ramalho no São Paulo pode fazer mal ao ambiente do clube. Sormani disse que Muricy, contratado como coordenador técnico, traz pressão para o trabalho realizado pelo atual comandante Fernando Diniz e afirmou que a torcida pedirá sua volta como treinador a cada resultado ruim do atual líder do Campeonato Brasileiro.


>> Veja a classificação do Campeonato Brasileiro


- O Muricy não deveria participar de reuniões com o elenco. A gente não consegue desvinculá-lo da figura do treinador. Tira a autoridade do Diniz. (...) Acho que foi um grande erro colocar o Muricy para trabalhar lá. A cada resultado ruim, a torcida vai pedir ele de volta. Acho que ele não gostaria desse tipo de pressão no início da carreira dele - opinou Sormani nesta tarde no programa "Bate Bola Debata", da ESPN.

Sobre a reunião da diretoria com os jogadores, o comentarista destacou que o encontro passa a sensação de que as coisas não estão certas no clube e ainda reforçou que o São Paulo não precisa de mudanças.

- Qual a mensagem que a diretoria passa em uma reunião assim? Que as coisas não estão indo bem. Acho que só o Raí deveria conversar com o grupo. Foram as conversas do Raí e do Diniz que colocaram o São Paulo na liderança. Mesmo com uma nova diretoria no São Paulo, não deveriam fazer mudanças. O São Paulo é o líder do campeonato. Estava tudo dando certo. Você começa a mexer no que está certo, corre o risco de estragar - explicou.

O São Paulo é líder do Campeonato Brasileiro com 57 pontos, um a mais do que o Internacional, adversário desta noite, às 21h30, no Morumbi, pela 31ª rodada da competição.