Mercado abrirá em 1 h 54 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,45
    +0,24 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.842,70
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    30.416,50
    +1.257,40 (+4,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,05
    +25,82 (+3,96%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.442,14
    +139,40 (+1,91%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.043,75
    +165,50 (+1,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1771
    -0,0417 (-0,80%)
     

Sony e Lenovo cancelam participação presencial na MWC 2022

·2 min de leitura

Depois de várias marcas levarem suas conferências para ambientes virtuais durante a CES 2022, a Mobile World Congress (MWC) deverá tomar caminhos semelhantes. Empresas importantes como a Sony já tinham cancelado suas participações presenciais, e nesta terça-feira (25) foi a vez de a Lenovo apresentar um anúncio semelhante.

O motivo para o cancelamento é o mesmo: por conta do aumento de casos de covid-19 causado pela disseminação da variante ômicron, a companhia sentiu a necessidade de manter suas apresentações apenas de forma isolada e virtual.

Quando a Sony anunciou a sua desistência na semana passada, os organizadores da MWC classificaram a decisão como "decepcionante", e ainda afirmaram que foram surpreendidos pela sequência dos fatos. Mesmo assim, a GSMA (organização que cuida do evento) apontou que os encontros devem permanecer marcados normalmente, com mais de 1.000 palestrantes e outros 1.500 expositores.

O diretor geral da GSMA Mats Granryd ainda disse que espera uma participação "similar aos níveis pré-pandemia", mesmo que não seja igual. A MWC 2019 foi a última edição que aconteceu sem problemas do tipo, e por isso contou com mais de 109 mil participantes registrados.

Será a terceira vez seguida que a MWC sofrerá efeitos da crise sanitária. Em 2020 o evento foi completamente cancelado após a desistência de um grande número de empresas, e em 2021 os encontros aconteceram em uma data diferente da tradicional, e com limitação no número de participantes.

MWC 2019 foi a última a acontecer antes da pandemia, e contou com mais de 100 mil participantes (Imagem: Wearable Technologies)
MWC 2019 foi a última a acontecer antes da pandemia, e contou com mais de 100 mil participantes (Imagem: Wearable Technologies)

A Lenovo também foi uma das primeiras empresas grandes a confirmarem que não participariam da CES 2022 de forma presencial, no início do ano. No caso da Sony, será a terceira vez em sequência que a companhia não vai à feira, e o anúncio do cancelamento foi acompanhado por um comunicado oficial:

"Como o mundo passou a ter oportunidades digitais e virtuais, a Sony irá se comunicar em formas que entreguem notícias relacionadas a nossos produtos para uma audiência mais ampla."

Por outro lado, a Xiaomi já confirmou por meio de porta-voz que estará na MWC, situação semelhante com a da Huawei, que ainda promoverá um evento de "Dia 0", um dia antes do início oficial dos encontros. A MWC 2022 está marcada para acontecer entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, na cidade de Barcelona, na Espanha.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos