Mercado abrirá em 8 h 3 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,12
    -0,53 (-0,63%)
     
  • OURO

    1.789,50
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    60.792,45
    -2.029,41 (-3,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.477,86
    -27,29 (-1,81%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.616,05
    -422,22 (-1,62%)
     
  • NIKKEI

    28.931,37
    -174,64 (-0,60%)
     
  • NASDAQ

    15.537,00
    -8,00 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4582
    +0,0041 (+0,06%)
     

Sony certifica Xperia desconhecido na China após agendar evento

·2 minuto de leitura

Não tem mais no Brasil, mas a linha de celulares Xperia ainda existe em mercados asiáticos, europeus e outros. Os mais recentes flagships da Sony foram anunciados em abril, mas, pelo atual problema no mercado de semicondutores, só foram lançados nas lojas a partir do segundo semestre deste ano.

Enquanto o Xperia 1 III só chegou aos primeiros mercados em agosto e o Xperia 5 III o fez apenas na semana passada, a Sony já pode estar preparada para fazer um novo anúncio. A marca agendou para 26 de outubro um evento digital em que poderá anunciar um novo celular, ou mesmo tablet.

Este último parece pouco provável, mas uma certificação em um órgão de homologação chines indica o desejo da Sony de lançar um produto com carregamento rápido de 30 W. É a mesma potência de recarga dos Xperia 1 III e Xperia 5 III, podendo esse certificado ter relação com um novo produto ou ser mero procedimento burocrático para o lançamento de algum deles por lá.

Com o código XQ-BE72, o aparelho não traz maiores detalhes do seu hardware. O teaser publicado pela Sony no Twitter é um indicativo de que, seja lá quais forem seus planos, o evento não parece ser voltado especificamente para o mercado chinês. Se o fosse, o mais provável seria a liberação de chamadas via Weibo, rede social mais popular no território asiático.

(Imagem: Reprodução/IT Home/3C)
(Imagem: Reprodução/IT Home/3C)

Mês disputado para anúncios

Vale lembrar, outubro é um mês agitado para o mercado de tecnologia: além do evento da Sony no dia 26, a Apple apresentará novos Macbooks na semana que vem. Especificamente no segmento de celulares, o Google fará a oficialização do Pixel 6, e a Samsung potencialmente anunciará o Galaxy S21 FE — já homologado no Brasil.

Se a empresa for anunciar um novo top de linha ao mercado, espera-se que ele venha a ser equivalente ou melhor que os atuais. Eles já oferecem Snapdragon 888, e um novo modelo poderia embutir a versão Plus do SoC. Além disso, oferecem tela OLED até 4K com suporte a 1 bilhão de cores, HDR, e taxa de atualização de 120 Hz.

As câmeras também são sofisticadas, com conjunto triplo em ambos. O sensor principal wide traz 12 megapixels (f/1.7), o ultrawide de 124º tem a mesma resolução (f/2.2), e há lente telefoto para aproximação entre 70 mm (3x) e 105 mm (4,4x). A frontal possui 8 MP.

Vale lembrar que a Sony não comercializa mais seus celulares, Smart TVs e outros eletrônicos no Brasil. Recentemente, em parceria com a Multilaser, produtos de áudio voltaram a ficar disponíveis — mas por enquanto é só isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos