Mercado fechado

Sony anuncia acessório que insere dois botões programáveis ao DualShock4

Rafael Rodrigues da Silva

Nesta terça-feira (17) a Sony revelou um novo acessório para o controle DualShock 4 do PlayStation 4: o Back Button Attachment, ou “Acessório de Botão Traseiro” em tradução livre.

Como o próprio nome sugere, trata-se de um acessório que pode ser conectado ao controle DualShock 4 através daquela entrada que fica na parte de baixo do dispositivo (ao lado do conector de fone de ouvido) e adiciona dois botões traseiros ao controle, que podem ser acionados pelos dedos que, normalmente, são usados para segurar o joystick.

O acessório é a solução encontrada pela Sony para disponibilizar uma “versão Pro” do controle do PS4, algo que já existe no Xbox One. Além dos dois botões adicionais o periférico também possui uma tela OLED (que é por onde os botões adicionais serão configurados) e um conector de fone de ouvido (já que o acessório fecha a entrada de fone do joystick).

Assim como em outros controles do tipo, os botões adicionais do Back Button Attachment podem ser configurados através da tela OLED do acessório, de acordo com a necessidade do jogador. Além disso, qualquer um dos botões do controle podem ser configurados para esses dois traseiros.

Por exemplo, um grande problema de quem joga games de tiro em primeira pessoa no controle são as ações de recarregar a arma e agachar, que costumam ser mapeadas nos botões “quadrado” e “círculo” do controle. Isso quer dizer que, para fazer qualquer uma delas, o jogador precisa tirar o dedo do direcional direito por uma fração de segundo, e esse tempo pode ser a morte quando falamos de partidas ranqueadas. Mas, com o novo acessório do PS4, é possível mapear esses botões para a parte traseira e fazer o personagem recarregar a arma ou agachar sem nunca tirar o dedo do botão de mira.

O acessório que insere botões traseiros ao DualShock4 chega ao mercado no dia 23 de janeiro de 2020 e será vendido por US$ 29,99. Por enquanto, ainda não há confirmação de quanto ele deverá custar no Brasil, ou de se estará disponível por aqui na mesma data.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: