Mercado fechado

Sony adia evento do PlayStation 5 para dar espaço a "vozes importantes"

Felipe Junqueira

Mais um evento marcado para esta semana acaba de ser adiado por este não ser um “momento para comemoração”. Depois de o Google anunciar o adiamento do lançamento do beta para o Android 11, agora a Sony resolveu remarcar a apresentação do seu PlayStation 5.

Em um comunicado no perfil do Twitter, a companhia japonesa alegou basicamente a mesma coisa que o Google no fim de semana. “Entendemos que gamers ao redor do mundo estão ansiosos para ver os jogos do PS5, mas não achamos que seja momento para celebração”, diz o texto (completo, em português, no final da matéria).


No dia 29 de maio, a empresa anunciou que faria a apresentação nesta quinta-feira, 4 de junho. Além do novo console, seriam mostrados alguns jogos já confirmados para a nova plataforma. Não há uma nova data prevista para o anúncio.

Os Estados Unidos passam por momentos de forte convulsão social depois que um grupo de policiais levou o cidadão americano George Floyd à morte, mantendo-o imobilizado por quase 9 minutos mesmo depois de algemá-lo. Imagens de vídeos que circulam na internet mostram o homem repetir que estava sem ar, mas só é liberado quase três minutos depois de ficar totalmente imóvel. Os manifestantes protestam contra a violência policial, especialmente em relação à comunidade negra.

Além disso, tem a pandemia do novo coronavírus, que também tira as vidas de milhares de pessoas ao redor do mundo todos os dias — e já levou a outros cancelamentos, adiamentos e uma reformulação dos eventos para serem feitos online, apenas. Somando esses fatores, as empresas resolveram adiar eventos no início de junho, até para que as novidades não se percam em meio a outros assuntos tão importantes.

Nota da Sony

Em comunicado oficial, a Sony atestou o seguinte:

“Decidimos adiar o evento do PlayStation 5 marcado para o dia 4 de junho. Entendemos que os gamers ao redor do mundo estão ansiosos para ver os jogos do PS5, mas não achamos que agora seja o momento para celebração e, por enquanto, queremos nos afastar e permitir que vozes importantes sejam ouvidas” — comunicado publicado no perfil PlayStation.

pic.twitter.com/ZAY8StN0EU

Fonte: Canaltech