Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.979,52
    -52,64 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Sonha em ir para Portugal? País abre pedidos de visto de trabalho para brasileiros

Portugal: país abre pedidos de visto de trabalho para cidadãos brasileiros
Portugal: país abre pedidos de visto de trabalho para cidadãos brasileiros
  • Portugal sofre com falta geral de mão de obra em setores como tecnologia, construção civil e turismo;

  • Nômades digitais também ganharam visto próprio;

  • Critérios pedem que trabalhador demonstre ter mais de R$ 10 mil para entrar no país.

Muitos brasileiros têm vontade de sair do país e procurar melhores condições de trabalho nos Estados Unidos e na Europa. Buscando atrair esse público, Portugal abriu os pedidos de visto de trabalho para brasileiros que desejam ir para o país.

A medida era uma promessa antiga do governo português, chefiado pelo político socialista António Costa. De acordo com o jornal Portugal Giro, a política foi implementada após fortes pressões de empresários portugueses, que sofrem com a falta de mão de obra no país europeu.

A comunidade brasileira é uma das maiores dentre os estrangeiros no país, e segundo especialistas, deverá aumentar ainda mais com a abertura dos vistos. Atualmente se um brasileiro quer se mudar para o país ele deve entrar como turista e tentar obter seu visto através do contrato de trabalho.

Isto quer dizer que o indivíduo pode ficar anos esperando a autorização de residência, mesmo trabalhando e pagando impostos no país, estando irregular durante todo esse período. Agora o imigrante poderá ficar até seis meses no país enquanto busca por um emprego, além de ficar legalizado no país.

No entanto, o visto atraiu críticas por parte de especialistas devido a natureza seletiva dos critérios. Para entrar no país com esse visto, o trabalhador precisa demonstrar ter mais de R$ 10 mil, como forma de mostrar que tem meios para se manter no país e conseguir voltar caso não arranje um trabalho.

Aqueles que não tiverem a quantia mínima podem recorrer a um representante legal, um cidadão que se coloque como responsável pelo imigrante. Ainda assim, muitos que vão para o país não têm familiares ou relações com o país.

Para se aplicar basta preencher o formulário no site da VFS Global. O pedido pode ser feito online, porém os documentos devem ser enviados em papel. Há também como realizar o pedido de visto de forma presencial no escritório da agência em São Paulo, mas as vagas são poucas e concorridas. Os candidatos também devem preencher uma declaração de interesse no Instituto do Emprego e Formação de Portugal.

Há ainda vistos para nômades digitais, trabalhadores que podem trabalhar em qualquer parte do mundo e conseguem aproveitar a oportunidade para viajar. O formulário para este caso também está disponível no site da empresa.