Mercado abrirá em 2 h 48 min

Sonda OSIRIS-REx armazena amostras de asteroide para trazê-las à Terra em 2023

Patrícia Gnipper
·2 minuto de leitura

Depois de confirmar que a sonda OSIRIS-REx havia mesmo coletado amostras da superfície do asteroide Bennu, a NASA agora dá outra confirmação importante para o sucesso da missão: a sonda armazenou direitinho as amostras coletadas — e foram tantas amostras, que partículas até acabaram vazando do compartimento de armazenamento.

Na quarta-feira (28), a equipe de controle da missão enviou determinados comandos à espaçonave, com a ordem de que ela deveria fechar a cápsula. Assim, o próximo grande momento da missão será quando a sonda iniciará sua viagem de volta à Terra, com previsão de chegar por aqui em 2023. "Amostras como essa vão transformar o que sabemos sobre nosso universo e sobre nós mesmos, o que está na base de todos os esforços da NASA", disse Jim Bridenstine, administrador da agência espacial.

A imagem à esquerda mostra o coletor das amostras ainda com a tampa aberta, com a imagem da direita mostrando o compartimento já devidamente fechado (Imagem: Reprodução: NASA/Goddard/University of Arizona/Lockheed Martin)
A imagem à esquerda mostra o coletor das amostras ainda com a tampa aberta, com a imagem da direita mostrando o compartimento já devidamente fechado (Imagem: Reprodução: NASA/Goddard/University of Arizona/Lockheed Martin)

Hoje, a OSIRIS-REx está a mais de 330 milhões de quilômetros de nós e, dada a distância, as comunicações entre a Terra e a sonda levam mais de 18,5 minutos para chegar, com o mesmo tempo de espera para receber qualquer resposta. Mas a NASA conseguiu driblar as dificuldades com maestria, e agora que a cápsula está devidamente fechada, partes das amostras coletadas não estão mais correndo risco de serem perdidas.

Quanto aos passos seguintes, agora a equipe da missão se concentra nos preparativos para a próxima fase, que é o retorno da sonda para o lar. A próxima janela de partida começa em março de 2021 e, se esse retorno acontecer mesmo dentro do planejado, as amostras chegarão às mãos da NASA no dia 24 de setembro de 2023.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: