Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,47
    +0,70 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.864,00
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    29.609,08
    +457,05 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    659,77
    +3,95 (+0,60%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.484,35
    -29,09 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    20.112,10
    -357,96 (-1,75%)
     
  • NIKKEI

    26.691,73
    -56,41 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.819,00
    +48,00 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1660
    -0,0062 (-0,12%)
     

Sonda InSight sai do modo de segurança e retoma operações científicas

·2 min de leitura

A sonda InSight, da NASA, saiu do modo de segurança e retomou operações mais próximas de sua rotina nesta quarta-feira (19). Projetado para estudar o interior de Marte, o lander estava no modo de segurança desde o início do mês devido à necessidade de economizar energia durante uma tempestade de areia.

A novidade foi publicada pelos oficiais da NASA no Twitter. “O céu parece estar ficando mais limpo, então saí do modo de segurança e retomei minhas operações normais”, escreveram, como se fosse a própria sonda falando. “Vou esperar antes de começar a produzir mais ciência até eu saber quanta energia consigo gerar assim que a tempestade se acalmar”.

O lander entrou no modo de segurança no início de janeiro, ficando com todos os seus recursos não essenciais suspensos. A decisão de colocar a InSight nesta configuração foi tomada pela equipe da missão após uma grande tempestade de areia regional, cuja poeira reduziu a luz que incide sobre os painéis solares da InSight.

Felizmente, os membros da missão conseguiram recuperar o contato com a InSight no dia 10 de janeiro e descobriram que ela tinha níveis de energia estáveis. Os oficiais do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), responsável pelo gerenciamento da missão na NASA, estavam otimistas, acreditando que a InSight poderia sair do modo de segurança em cerca de uma semana.

Como o lander está começando a retomar as atividades, podemos dizer que eles quase acertaram a previsão. Por outro lado, a energia reduzida deverá afetar o trabalho científico da InSight nos próximos meses, já que ela já vinha funcionando com energia reduzida em função do acúmulo de poeira em seus painéis. Em outras ocasiões, os engenheiros da missão já conseguiram usar o braço robótico do lander para remover grãos de poeira dos componentes.

Em outro momento, eles usaram grãos de poeira para remover acúmulos, aproveitando uma ajudinha do vento. Contudo, conforme a energia vai diminuindo, fica cada vez mais difícil realizar procedimentos do tipo. Para completar, ainda não ocorreram os intensos redemoinhos de poeira perto do lander, que talvez pudessem ajudar na limpeza. Em 2021, a NASA alertou que os baixos níveis de energia poderiam significar o fim da missão InSight em 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos