Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,91
    +0,71 (+0,91%)
     
  • OURO

    1.765,60
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    16.850,08
    +612,11 (+3,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,56
    +11,84 (+3,05%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.052,32
    -152,36 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.840,68
    -187,16 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    11.536,25
    +11,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4686
    +0,0120 (+0,22%)
     

Sonda CAPSTONE é recuperada após falha e retoma viagem à Lua

A sonda CAPSTONE está de volta após ser colocada em modo de segurança depois de quase dois meses, e já está corrigindo seu trajeto rumo à Lua. O pequeno cubesat teve uma falha no dia 8 de setembro durante ou logo após uma manobra de correção de trajetória.

Na ocasião da falha, as equipes de controle em solo perderam contato com os instrumentos do cubesat durante um dia e, quando conseguiram restabelecer a comunicação, os sistemas dos computadores de bordo estavam se reiniciando periodicamente.

De acordo com a NASA e a Advanced Space, empresa que gerencia o satélite de 25 kg, a causa da falha pode ter sido um problema com uma válvula no sistema de propulsão da sonda. Isso levou a espaçonave a “cair” gradualmente.

Com o problema resolvido, o cubesat executou uma manobra de correção de trajetória no dia 27 de outubro para voltar à sua rota planejada, com objetivo de chegar à Lua em 13 de novembro.

Conceito artístico da CAPSTONE em órbita lunar (Imagem: Reprodução/NASA)
Conceito artístico da CAPSTONE em órbita lunar (Imagem: Reprodução/NASA)

Sua missão será estabelecer uma órbita lunar chamada “órbita em halo quase retilínea”. Trata-se de um teste para saber se tal órbita é adequada para a estação espacial Lunar Gateway, que servirá como ponto de apoio para missões tripuladas à Lua no programa Artemis. Além disso, a CAPSTONE fará demonstrações do software CAPS.

A CAPSTONE foi lançada no dia 28 de junho e apresentou sua primeira falha em 6 de julho, quando os operadores em solo perderam a comunicação com a sonda por meio da Deep Space Network, uma rede de antenas que a NASA usa para trocar dados com suas espaçonaves.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: